Irlanda: Revolucionários prestam homenagens a herói da luta de libertação nacional irlandesa

A- A A+


Revolucionários e Republicanos marcham no dia 11 de julho, no evento anual de homenagens a Theobald Wolfe. Foto: Anti-Imperialist Action

Revolucionários republicanos de toda a Irlanda se reuniram em Bodestown, no dia 11 de julho, para prestar suas homenagens a Theobald Wolfe Tone, considerado o Pai do Republicanismo Irlandês e líder do Levante de 1798.

Este ano, com um grande público, o evento foi organizado pelo Comitê Memorial Seamus Costello, e liderado pelo Partido Socialista Republicano, representando o Movimento Nacional.

Presidido pela Ação Anti-Imperialista da Irlanda, grinaldas foram depositadas no túmulo em nome do Movimento Republicano Socialista e da Sociedade do Espírito de Liberdade, Westmeath, após um minuto de silêncio ter sido realizado em nome de todos aqueles que deram sua vida por uma República Irlandesa.

Um revolucionário, em nome da Campanha Contra a Extradição de Liam Campbell, se direcionou aos presentes incentivando todos a fazer o possível para construir e apoiar a campanha.

O discurso principal foi então proferido por um jovem membro da Ação Anti-Imperialista e da Juventude Macradh-IRS de Belfast, Irlanda ocupada (do norte), destacando a ascensão do crescimento contínuo do Movimento Republicano Socialista em toda a Irlanda.

Antes da conclusão do evento, o organizador lembrou aos presentes que era seu dever construir as Forças Revolucionárias em sua comunidade para que em um ano vindouro pudessem voltar a Bodenstown com uma multidão ainda maior de republicanos socialistas militantes dedicados à derrota do Imperialismo na Irlanda e à reconstrução da República Popular de Toda a Irlanda.

Desde o século 19, visitas ao túmulo de Theobald Wolfe Tone são comuns sendo considerado algo importante para o movimento republicano do país, com evento anuais sendo realizados desde o Centenário do Levante de 1798, em 1898.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira