USA: Em protesto combativo, povo fere 49 da polícia ianque após tentar derrubar estátua colonial

A- A A+


Manifestantes marcham até estátua de Cristóvão Colombo para a derrubar. Foto: Chicago Tonight

O povo de Chicago (Illinois), no dia 17 de julho, em enfrentamento com as forças de repressão do Estado imperialista genocida Ianque, feriu 49 agentes, com 18 sendo mandados ao hospital, enquanto os manifestantes se defenddiam dos abusos e brutalidades fazendo formações de guerra e utilizando de garrafas com água congelada, pedras, fogos de artifício e canos de pvc quebrados com pontas afiadas, enquanto eram reprimidos com cassetetes e gás de pimenta. 

Uma manifestante teve seus dentes quebrados por um agente da repressão, Miracle Boyd, após levar um soco na boca em meio ao confronto. Além disso, 12 manifestantes foram presos.

Um dia depois (18/07), no sábado, centenas de manifestantes foram até a casa do prefeito, fortemente guardada por uma força policial maior do que a do dia anterior, denunciando a violência dos agentes da repressão e os crimes do Estado reacionário ianque. Como retaliação pela ação combativa das massas no dia anterior, a polícia atropelou diversos manifestantes em um carro não identificado.

O protesto do dia 17/07 aconteceu no contexto de um movimento popular nacional para a retirada de símbolos e estátuas racistas, que tomaram o Estados Unidos (USA), e após uma grande marcha e intensa manifestação, milhares de manifestantes amarraram cordas na estátua de Cristóvão Colombo, no Grand Park de Chicago, para derrubar a estátua do genocida italiano, sendo reprimidos pela polícia, mas respondendo à altura. 

Durante a tarde naquele dia, no centro de Chicago, a manifestação foi organizada seguindo o contexto da onda de protestos combativos que tomou o país após a morte de George Floyd. Denunciando a polícia e o sistema de exploração e opressão em geral, o ato foi até o Grant Park de Chicago, com os manifestantes cercando a estátua de Cristóvão Colombo.

Após pressão popular, estátua é removida

Depois dos protestos combativos, onde mesmo a polícia afirmou nunca ter visto tamanha fúria e organização, duas estátuas em Chicago de Cristóvão Colombo foram retiradas, embora afirmem ser medidas temporárias.

Considerado o “descobridor” da América, Cristóvão Colombo foi um escravista e genocida de indígenas em todo o continente, tornando a fúria das massas mais que justa.

Veja aqui o vídeo dos protestos:

Polícia de Chicago atropela os manifestantes:

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira