CE: Carta de denunciante denuncia abandono de clínica e exige providência

A- A A+

Centro de Nefrologia Dr. José Fernandes. Foto: Reprodução

O Centro de Nefrologia Dr. José Fernandes, situado no município de Crateús, é uma clínica privada que terceiriza seus serviços para o Sistema Único de Saúde (SUS). A clínica recebe pacientes tanto da cidade em que está localizada, quanto de cidades próximas (Tauá, Novo Oriente, Quiterianópolis, Independência, Ipaporanga, entre outras) e tal fato demonstra a importância dos serviços dessa clínica para a população que reside nessas cidades do sertão cearense. O Comitê de Apoio ao AND de Fortaleza/CE foi procurado para repercutir alguns acontecimentos ocorridos na clínica através de uma carta anônima para evitar perseguições.

“Gostaria de fazer um pedido de socorro para os pacientes que fazem tratamento de hemodiálise na Clínica Dr. José Fernandes, da cidade de Crateús-Ceará, onde eles são atendidos por um médico que não é nefrologista, e as pessoas comentam que o médico não tem o conhecimento necessário para assumir o tal cargo. Além disso, o mesmo foi diagnosticado com Covid-19, não foi afastado pelo dono da clínica, e realiza suas atividades normalmente, com total contato com a equipe de enfermagem e com pacientes que são claramente do grupo de risco.

Além desse absurdo de um médico com Covid-19 ainda estar em atividade dentro da clínica, ouvimos de muitas mulheres, acompanhantes e pacientes, que o mesmo médico as assediou dentro da clínica. O enfermeiro do período da manhã não possui uma postura profissional adequada e leva tudo na brincadeira, além disso, também trata as pessoas que reclamam com palavras de baixo nível. Foi feita uma reclamação para o dono da clínica, mas o mesmo não dá ouvidos, e está ciente da maior parte dos acontecidos e não toma providências”

Enquanto os ricaços continuam enchendo seus bolsos de dinheiro com a mercantilização da saúde, inclusive durante esse período de pandemia, os pacientes, acompanhantes e funcionários são expostos aos maiores riscos possíveis.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira