SC: Policial de folga invade apartamento e espanca mulheres que comemoravam êxito em faculdade

A- A A+

Policial invade apartamento e agride estudantes em Santa Catarina. Foto: Banco de Dados AND

No dia 3 de agosto, por volta das 22h, um policial militar que estava de folga, identificado como Marcio Hugen, invadiu o apartamento e agrediu covardemente quatro jovens no bairro Coral em Lages, na Serra catarinense. Um vídeo que circula na internet mostra que o policial entra no apartamento e começa a agredir as jovens mulheres com um cassetete. Ele desfere golpes no rosto, nas costas e nos braços das jovens. As agressões começam depois que a mulher dele que não foi identificada entra no apartamento, agride e tenta tirar o celular de uma das jovens, que gravava a ação. 

Segundo relato, as agressões começaram porque o policial, sentindo-se no direito, tentou impedir as mulheres de comemorarem a aprovação de um trabalho de faculdade de uma delas. Quatro delas são moradoras do apartamento, e uma quinta jovem estava no local. A desculpa para a covardia é que teria ficado incomodado com o barulho.

"Às 22h a gente parou com a música, temos tudo documentado. A gente não permitiu a entrada dele no apartamento. Aí começou o que os vídeos por si só já mostram", conta uma das jovens.

No vídeo, o homem, que aparece de camisa preta, bate inicialmente com o cassetete em uma mesa e depois, após o desenrolar da briga, ele agride uma das jovens, já no chão. Uma das colegas da vítima grita: “Para de bater nela, para de bater nela, para de bater nela, pelo amor de deus, pelo amor de deus, você tem problemas. Idiota!”, diz a colega, revoltada.

“Ele invadiu nosso apartamento com o cassetete e começou a nos bater porque estávamos comemorando o Trabalho de Conclusão de Curso de uma amiga nossa que mora com a gente”, contou uma outra vítima.

As vítimas, com idade entre 21 e 23 anos, fizeram exame de corpo de delito que revelaram os hematomas no rosto, braços e costas. 

Policiais e abusos em Santa Catarina

Este caso não foi o único. Na madrugada do dia 2 de agosto policiais militares agrediram dois jovens em Guabiruba, no Vale do Itajaí. Cerca de 25 jovens, que tinham entre 18 e 24 anos, estavam em uma festa em um quiosque no bairro Holsten, e policiais chegaram ao local após receberem um chamado para acabar com a festa.

O vídeo capturou um trecho da ação covarde e repudiante da polícia no quiosque. Ao ouvir uma queixa de um dos jovens, o policial desfere um soco na barriga de um rapaz aleatório; os policiais continuam a sessão de espancamento e chegam a usar a arma para bater na barriga de um dos garotos. 

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza