MS: Camponeses cortam rodovia reivindicando terras e prometem mais ações

A- A A+

No dia 7 de setembro, dia da “Independência” do Brasil, cerca de 300 famílias camponesas do Acampamento Zumbi dos Palmares bloquearam trecho de rodovia próximo a Campo Grande, localizada no estado do Mato Grosso do Sul, na saída para Sidrolândia e São Paulo. A reivindicação principal dos camponeses, organizados pela Frente Nacional de Luta (FNL), é a necessidade da retomada urgente da distribuição de terras. 

“Nesta semana, estamos com a jornada de luta, uma mobilização nacional, começamos ontem em Guia Lopes. Aqui no estado não tem nem superintendente e as famílias continuam na beira da estrada sem assistência governamental nenhuma”, afirmou membro da coordenação da FNL.

Segundo o movimento, os camponeses pobres (tanto sem terra, como com pouca terra) passam pelo pior momento da história. “Neste momento de crise econômica, política e da saúde, nos custa muito estar mobilizado neste dia, mas ficar de braço cruzados nos custará muito mais. Nós, os trabalhadores do campo, estamos vivendo um dos piores momentos e a pior gestão para agricultura familiar que já governou o Brasil”, afirma em nota. “O Ministério Público Federal, apesar de denunciarmos, até agora está de expectador, não se posicionou em defesa da Constituição e dos brasileiros que ainda estão desprovidos de terras ou condições de produzir e viver no campo”.

Com a pandemia do Coronavírus e o aprofundamento da crise do capitalismo burocrático em nosso país, que se reflete na crise da alta cúpula do gerenciamento do velho Estado, de Norte a Aul camponeses em luta têm sido atacados por latifundiários e por forças militares e paramilitares. Esta mesma crise lança milhares de massas camponesas às tomadas de terra, principalmente as massas sem terra que são assoladas pelo desemprego das pequenas e médias cidades. 

A FNL afirma que as ações se espalharão por todo o Brasil. “O governo tem que retomar as vistorias e as desapropriações das terras improdutivas, terras do tráfico de drogas, e terras compradas por presos da corrupção. Não podemos nos calar sabendo que existem terras que não cumprem com sua função e tanta gente sem terra morrendo de fome e sem moradia neste País”. 


Famílias camponesas do Acampamento Zumbi dos Palmares bloqueiam rodovias. Foto: Ascom/PRF

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza