RJ: Brigada de distribuição de AND entrega mais de 600 exemplares em Niterói

A- A A+


Brigada de jornais no centro de Niterói. Foto: Comitê de Apoio ao AND do Rio de Janeiro

No dia 18 de setembro, o Comitê de Apoio do Jornal A Nova Democracia do Rio de Janeiro e de Niterói, realizaram uma brigada de distribuição de edições antigas do jornal para as massas trabalhadoras no centro da Cidade de Niterói, especificamente nas ruas onde trabalham os ambulantes. Oito companheiros compareceram na atividade, distribuindo jornais e conversando com a população, com o objetivo de demonstrar a verdadeira guerra civil reacionária que o Estado tem imposto às massas. Apresentaram o AND como imprensa popular, democrática e demarcaram o seu caráter independente, o que despertou o interesse da população que não aguenta mais as ilusões eleitorais.

A recepção das massas, e principalmente, dos ambulantes, foi muito boa, dado que muitos deles sofrem com a truculência da Guarda Municipal, que rouba suas mercadorias, humilha e intimida os trabalhadores informais da região, como explica o presidente da Associação de Camelôs de Niterói (Acanit), Renato Soares, "O ambulante entra em contato para saber se a mercadoria já chegou no depósito, lá ele apresenta o canhoto, um outro agente refaz a contagem e emite um termo de apreensão. Com esse documento, o camelô vai à prefeitura, paga a taxa e depois vai na Secretaria de Ordem Pública, apresenta tudo e é aberto um processo de recuperação do produto. Mas muita acontece de os guardas apreenderem e levarem no saco aberto, sem lacrar. Então podem ter levado 100 unidades, mas só chegar 50 no depósito", afirmou Renato em entrevista ao monopólio de imprensa O Dia.

No momento em que se colocava a linha política fundamentada do descrédito desse velho Estado e suas carcomidas instituições, muitos dos camelôs se interessam pelo jornal, dado que os mesmos não votam já que sabem que independente dos governos de turno, nada mudará para o povo. 

Foram entregues cerca de 670 jornais AND, nas principais ruas do centro da cidade. A importância que consiste essa brigada foi de prestar solidariedade aos trabalhadores informais que tanto tem sofrido com o terrorismo do Estado e a falta de direitos trabalhistas. A partir da defesa dos direitos mais elementares do povo, o jornal pode então, propagandear a luta popular, exaltando as organizações e ações do povo como confisco de alimentos, manifestações, denúncias, comitês sanitários. entre outros.


Brigadistas de AND fizeram receberam apoio de trabalhadores ambulantes durante agitação em Niterói. Foto : Comitê de Apoio ao AND do Rio de Janeiro

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza