RJ: Duas pessoas são baleadas por PMs nas proximidades de uma seção eleitoral

A- A A+


Escola onde ocorreu a votação e que fica próxima do local onde ocorreu a ação da PM. Foto: Kiko Charret

Duas pessoas foram baleadas durante uma operação da Polícia Militar (PM), próximo a uma seção eleitoral no Ciep 410 (Patricia R. Galvão Pagu), na comunidade da Cafuca, no bairro Santa Izabel, em São Gonçalo. Segundo denuncia havia a presença de dois veículos blindados "Caveirão" da PM.

De acordo com testemunhas, os militares abordaram violentamente um motociclista que estava com outras duas pessoas em uma moto. A violência policial gerou protestos de quem passava pela região e o grupo de policiais efetuou diversos disparos para o alto. Os policiais também usaram spray de pimenta e bombas de efeito moral.

Inconformado com o fato, um jovem de 24 anos tentou pedir para que os policiais parassem de atirar, pois havia muitas crianças no local; uma viatura apareceu e outros policiais repetiram o ato, atingindo o jovem, Thiago Terra Diniz. Ele foi baleado no pescoço e está internado em estado grave; a outra vitima foi Ana Lúcia de Lima, 56 anos, que foi atingida nas costas e seu quadro de saúde é estável.

As duas vitimas foram levadas para o Hospital Alberto Torres, na Região de São Gonçalo.


Policiais do Batalhão de Choque fizeram uma operação no dia da eleição, utilizando carros blindados, em São Gonçalo. Foto: Kiko Charret

Lucinéia Silveira Diniz, tia de Thiago, contou ao site O Fluminense que o rapaz foi atingido à queima-roupa após conversar com policiais. “Ele estava no Ciep 410, onde está acontecendo as eleições, tinha muita gente e uns policiais lá, chegou um rapaz de moto e começou a acelerar, então os policiais, ao invés de abordar o menino, começaram a atirar para cima. Então o Thiago atravessou e foi conversar com os policiais. Depois da conversa, um deles, à queima-roupa, atirou no meu sobrinho e acabou pegando também na senhora que estava atrás dele”, finalizou, em entrevista no dia das eleições (15/11).

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza