Otan afirma que continuará no Afeganistão, a despeito da saída de parte das tropas ianques

Foto: US Army

“A missão de treinamento da Otan continuará e os aliados europeus da Otan e as nações parceiras declararam claramente que continuarão a sustentar seus níveis de tropas no Afeganistão”, afirmou o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, no dia 30 de novembro. Ele assegurou que, apesar da derrocada do imperialismo ianque (Estados Unidos, USA) no país, as tropas de outras potências europeias manterão sua intervenção em solo afegão. 

A despeito da retirada de tropas ianques anunciadas pelo Departamento de Defesa do USA (Pentágono), Stoltenberg apontou que as missões da Otan continuarão “inabaláveis”, em locais como a base liderada pela Alemanha em Mazar-e-Sharif, a base liderada pela Itália em Herat, e a base da própria Otan na capital Cabul, incluindo a sede e a base liderada pela Turquia no Aeroporto Internacional Hamid Karzai.

O representante do imperialismo afirmou também que os ianques ainda “serão capazes de fornecer capacitadores-chave” para a Otan, citando como exemplos o transporte aéreo, apoio médico, inteligência, entre outras atividades. 

Além de manter seus efetivos no Afeganistão, a Otan também decidiu que seguirá a financiar o governo fantoche no país e suas forças militares até, pelo menos, 2024. 

Há, atualmente, cerca de 11 mil soldados da Otan no Afeganistão, dos quais 4,5 mil são ianques. Deste total, o Pentágono anunciou que planejava reduzir para cerca de 2,5 mil efetivos, apesar de o recém nomeado secretário de Defesa em exercício, Christopher C. Miller, não ter estabelecido qualquer detalhe sobre quais tropas permaneceriam e quais voltariam para o USA. 

Stoltenberg disse ainda que falou com Joe Biden em 23 de novembro, e que “sublinhou a importância do Afeganistão” e aconselhou contra a decisão de retirar as tropas.

A Otan liderou a "Força Internacional de Assistência à Segurança" no Afeganistão (ISAF), da qual participaram tropas de 43 países, por motivos diversos, que iam desde "combate ao terrorismo" até a manutenção de suas relações com o imperialismo ianque. Em 2011, no auge da gerência de Barack Obama, o número de soldados estrangeiros operando sob o comando da Otan e do USA no Afeganistão chegou a 140 mil, dos quais 100 mil eram ianques. 

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro