Ações em todo o mundo por ocasião dos 127 anos do Presidente Mao Tsetung

Revolucionários celebram o aniversário do Presidente Mao Tsetung no Estados Unidos (USA). Foto: Tribune of the People.

Na ocasião da passagem de 127 anos do nascimento do Presidente Mao Tsetung, chefe do Partido Comunista da China e da revolução chinesa e histórico chefe internacional do proletariado, foram realizadas em todo o mundo ações em homenagem ao seu nascimento (26 de dezembro).

MÉxico

No sudeste do país, a Corrente do Povo – Sol Vermelho organizou o bloqueio de uma estrada por mais de oito horas, onde a organização democrática distribuiu panfletos e cartazes em homenagem ao chefe proletário. Além disso, a organização reafirmou sua luta pela terra contra os latifundiários do país, os megaprojetos do imperialismo e a alta nos preços da eletricidade.

Também, na Cidade de Oaxaca, a organização realizou um ato em frente ao palácio do governo, erguendo cartazes com os rostos de Karl Marx, Friedrich Engels, Vladimir Lenin, Josef Stalin, Presidente Mao e Presidente Gonzalo.

No estado do México (região central do país), professores e outros trabalhadores da educação organizados na Frente Educacional Popular Revolucionária realizaram um ato reafirmando sua luta, utilizando citações do Presidente Mao.

No México, revolucionários fecharam ruas e realizaram atos em homenagem aos 127 anos do chefe proletário Mao Tsetung. Foto: Sol Rojo Oaxaca.

estados unidos

Mais ao norte, no Estados Unidos (USA), na cidade de Austin, Texas, o Comitê de Apoio ao Jornal Tribune of the People realizou a distribuição de sacolinhas de presente junto de artigos do jornal revolucionário para trabalhadores e outros membros da comunidade em celebração ao aniversário do Presidente Mao.

O Comitê também realizou diversos grupos de estudo durante a semana, com textos como Sobre o Marxismo-Leninismo-Maoismo do Partido Comunista do Peru e A propósito dos Métodos de Direção, do Presidente Mao.

Além disso, um grande mural e outras pichações em homenagem ao chefe proletário foram vistas pela cidade, com os dizeres Viva o Presidente Mao Tsetung! e Mao Tsetung nunca morrerá, a luta prossegue!. Adicionalmente, um vídeo produzido pelo Popular Women’s Movement – Movimiento Femenino Popular em celebração ao aniversário do Presidente Mao Tsetung foi postado no youtube.

Em Pittsburgo, o Comitê de Apoio ao Jornal Tribune of the People realizou um cinedebate com o segmento “Barracas” do documentário Como Youkong Moveu as Montanhas, onde mostra o cotidiano dos soldados do Exército Popular de Libertação durante a Grande Revolução Cultural Proletária (GRCP).

Também em Pittsburgo, um mural em homenagem ao Presidente Mao Tsetung e cartazes foram vistos na cidade, com os dizeres Viva o Marxismo-Leninismo-Maoismo, principalmente Maoismo! e Mao Tsetung nunca morrerá, a luta prossegue!.

Mural em homenagem ao Presidente Mao Tsetung. Com os dizeres "Mao Tsetung nunca morrerá! A luta prossegue", está acompanhado uma citação do Presidente Mao, onde diz: "Nada é difícil neste mundo se você ousa escalar as alturas".

Em Los Angeles, o Comitê de Apoio realizou um grupo de estudos do artigo do jornal revolucionário Tribune of the People sobre o aniversário de 127 anos do Presidente Mao Tsetung. Além disso, cartazes em homenagem ao chefe proletário também foram vistos pela cidade.

Por fim, nas cidades de Wheeling, St. Louis, Tacoma e na Cidade do Kansas, cartazes e pichações com os dizeres O Maoismo guiará a revolução! e Mao Tsetung nunca morrerá, a luta prossegue!, assim como Viva o Presidente Mao Tsetung! foram registradas nas cidades.

europa

Já na Europa, na Suíça, inúmeras pichações foram registradas nas cidades de Gotemburgo e Estocolmo, com os dizeres Viva o Maoismo! em sueco, espanhol e turco.

Na Finlândia, também foram registradas pichações em homenagem ao Presidente Mao na cidade de Turku.

Pichação na Suíça em homenagem aos 127 anos do Presidente Mao Tsetung. Foto: Tribune of the People.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro