BA: Petroleiros protestam contra venda de refinaria

Trabalhadores protestam contra venda da refinaria Rlam, localizada na Bahia. Foto: Sindipetro.

No dia 10 de fevereiro, petroleiros realizaram um ato contra a venda da Refinaria Landulpho Alves (Rlam). O ato aconteceu na rodovia BA-523, em um local conhecido como Trevo da Resistência, que dá acesso a refinaria localizada no município de São Francisco do Conde, na região metropolitana de Salvador, no estado da Bahia. Cerca de 1.500 pessoas, entre elas trabalhadores próprios, terceirizados, comerciantes e moradores estavam presentes no local, carregando faixas e cartazes, e dizendo palavras de ordem. A manifestação se trata de uma prévia do que é esperado para a greve, que já foi aprovada e pode começar a qualquer momento.

Com a venda da refinaria os mais afetados serão os trabalhadores terceirizados, que correspondem a cerca de 1.700. Esses devem perder seus empregos e poucos serão recontratados. Já os funcionários concursados, cerca de 900, serão transferidos para outros estados ou devem aderir ao Plano de Demissão Voluntária, oferecido pela estatal, mesmo sem ter tempo suficiente para aposentadoria.

Leia também: Avançando a privatização, governo de Bolsonaro/generais vende refinaria Landulpho Alves

A Rlam foi a primeira grande refinaria do país e uma das principais responsáveis pelo desenvolvimento e industrialização da Bahia. Apesar de sua importância, foi vendida por 50% do seu valor. O Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-BA), afirma que a venda da Rlam causará um impacto negativo tanto em São Francisco do Conde, como nas cidade vizinhas de Candeias, Madre de Deus e São Sebastião do Passé, que dependem economicamente das atividades da refinaria.

Jairo Batista, coordenador do Sindipetro Bahia, contou que no mesmo dia do anuncio da venda da Rlam, foi registrado um aumento no preço dos produtos derivados do petróleo, em especial o diesel, a gasolina e o gás de cozinha. “Fica evidente o quanto que andam de mãos dadas a privatização e o aumento de preços. Não é possível que o povo brasileiro, que é o verdadeiro dono do petróleo e das refinarias, pague cada vez mais caro para obedecer uma política de preços que a Petrobrás adota, que atrela o valor dos derivados do petróleo ao dólar, enquanto que nós, brasileiros, recebemos salários em real”, afirmou Jairo.

Contudo o sindicato ainda denuncia que além da refinaria, o governo federal está entregando também 669 quilômetros de oleoduto, que ligam a Rlam ao Complexo Petroquímico de Camaçari e ao Terminal de Madre de Deus. O Sindipetro-BA afirma que, o terminal também está sendo vendido em um pacotão que envolvem outros três terminais baianos, são eles: Candeias, Jequié e Itabuna.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro