SP: Estudantes da USP protestam durante visitas de ministros da Saúde e da Educação

Estudantes ocuparam toda a parte interna do prédio da FMUSP e protestaram durante a visita dos Ministros ao campus. Foto: Reprodução

Estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e alunos de outros cursos realizaram um intenso protesto, no dia 25 de março, durante as visitas do ministro da Saúde (Marcelo Queiroga) e do ministro da Educação (Milton Ribeiro) ao campus da instituição. Desde a chegada dos ministros, passando pelo evento em que participou, até sua saída da faculdade, os estudantes protestaram contra as medidas tomadas pelo governo federal de Bolsonaro/generais durante a pandemia de Covid-19.

Os estudantes levaram cartazes e faixas com frases como "Bolsonaro genocida”, “300 mil é genocídio”, “Fora Bolsonaro”, “Vida, pão, vacina e educação”, na entrada da universidade os manifestantes exibiram uma gigantesca faixa com a frase : “A gripezinha já matou 300 mil brasileiros #Bolsonaro Genocida”. Os estudantes denunciaram a todo tempo o absurdo número de 300 mil brasileiros mortos em decorrência da Covid-19 e exigiram auxílio emergencial para toda a população, assim como o lockdown para frear a onda de contágio do vírus. A palavra de ordem “Bolsonaro genocida, mais vacina menos cloroquina” foi entoada durante todo o protesto. 

Os ministros foram até a universidade para se reunir com cerca de 72 professores titulares da faculdade de medicina e debater sobre temas relacionados à pandemia. O evento aconteceu no salão nobre da faculdade com as portas fechadas, porém segundo relatos de pessoas presentes na reunião a todo momento dava para ouvir os gritos de protesto dos estudantes que estavam nos corredores do prédio.

Faixa exibida por estudantes durante visita de Ministro da Saúde diz: "Fora Bolsonaro Genocida". Foto: Reprodução

Após o evento, o público presente e os que acompanharam através da transmissão virtual ficaram decepcionados com a falta de esclarecimento de Queiroga, de como se dará o processo de vacinação e de adoção das medidas de prevenção a Covid-19. Nos comentários da live do evento, ao final da palestra, outros docentes comentaram que o ministro não explicou quais seriam as medidas concretas que serão adotadas para o combate ao avanço dos casos de Covid-19.

Em entrevista ao jornal do monopólio de imprensa Estadão, o professor do Departamento de medicina preventiva da FMUSP, Mario Scheffer, disse: “Infelizmente, ele não tocou em questões a meu ver centrais: banir o tratamento precoce sem evidência, planejar urgentemente com governadores e prefeitos medidas para redução da transmissão, explicar como e quando chegaremos a um milhão de vacinados que ele ontem anunciou, e voltar a fazer coletivas diárias de prestação de contas, em respeito à sociedade”, apontou o professor.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro