GO: Relato das últimas atividades do Comitê Sanitário de Goiânia

Reproduzimos o informe com as atividades realizadas pelo Comitê Sanitário de Solidariedade Popular, de Goiânia, no estado de Goiás.


Mesmo durante a segunda onda da pandemia no Brasil, agora atingindo a marca odiosa de mais de 358.000 mil mortos, por aqui seguimos firmes e exitosos com as nossas atividades do Comitê Sanitário de Solidariedade Popular!

Entretanto, antes do nosso relato, manifestamos aqui nossa solidariedade de classe às famílias, vítimas dessa doença e principalmente desse velho Estado.

Denunciamos as ações genocidas de Bolsonaro e Generais fascistas, que são responsáveis por todo crime cometido contra o povo, por negar as mínimas condições de sobrevivência como os hospitais, vacinas e auxílio emergencial de mil reais.

Cada vez mais comprovamos que apenas o povo unido e organizado, independente de candidatos políticos, é que vamos enfrentar a pandemia e veremos dia após dia quem são nossos inimigos.


Vamos ao relato!

Entre os dias 01 de Janeiro a 26 de março, foram realizadas diversas ações no Comitê com a participação ativa das companheiras e companheiros do setor. Nesse período:

- Confeccionamos e colamos 100 cartazes pelo setor, sobre o 'auxílio emergencial de 1000 reais já', sobre a importância da 'vacina para o povo já' e denunciando os 'altíssimos gastos do governo com viagens e auxílios para eles e para as Forças Armadas';
- Também confeccionamos mais de 60 kits Sanitários e distribuímos de casa em casa;
- Conseguimos fazer 1 Bingo popular e 1 Bazar Popular, que agora estão suspensos por nós até que a situação da pandemia amenize;
- Realizamos 2 confraternizações com a população, levando canções e poemas populares além de apresentar o balanço das nossas atividades;
- Fizemos mais de 5 manutenções na horta coletiva, além de várias colheitas de jiló, milho, feijão, abóbora, berinjelas, folhas entre outros;
- Panfletamos na feira sobre a importância da Vacina para o povo já, sobre as orientações Sanitárias e sobre o auxílio de 1000 reais já;
- Realizamos o primeiro podcast do comitê com o tema: 'E as máscaras?', que foi compartilhado com todos os contatos do setor;

- Realizamos também a celebração do dia 8 de março - Dia mundial da mulher trabalhadora, na presença de várias companheiras do setor. (Fizemos uma postagem exclusiva, acompanhe).


Além dessas atividades também foram realizados vários estudos com os moradores do setor, além de estudos só com as companheiras, com um único objetivo de politizá-las, de elevar a consciência das massas mostrando na prática que somente unidos e organizados conseguiremos arrancar dos governantes o que é nosso por direito. Também temos discutido incessantemente sobre a importância da vacina e a necessidade de cobrarmos a vacina para o povo já!


Por fim, queremos também agradecer a cada colaboradora e colaborador que contribuiu de alguma forma ao nosso comitê, seja através do compartilhamento das nossas postagens, ou de doações em dinheiro, máscaras, garrafas pets, cestas básicas, roupas e acessórios para o bazar, prêmios para o bingo popular, entre centenas de outras contribuições que recebemos.

Continuem contribuindo com o nosso Comitê, vocês nos ajudam a mantê-lo funcionando! Acesse nossas redes sociais, participe com a gente na construção de nossas atividades.


Sigamos mais firmes que nunca! Pois só o povo unido e organizado poderá se proteger do coronavírus.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro