USA: Ativistas, democratas e jornal revolucionário se posicionam em apoio ao Acampamento Manoel Ribeiro e a Liga dos Camponeses Pobres

Atualizado em: 10/05/2021

Reproduzimos na íntegra, aqui, a nota escrita pelo Conselho Editorial do jornal democrático e popular estadunidense Tribune of the People em apoio aos camponeses do Acampamento Manoel Ribeiro e à Liga dos Camponeses Pobres (LCP). A publicação foi feita diante do ataque promovido pelo velho Estado brasileiro em conluio com o latifúndio.

Também veiculamos as ações realizadas por ativistas no Estados Unidos (USA) com o mesmo objetivo, mais abaixo.

Todo Apoio aos Camponeses do Acampamento Manoel Ribeiro! - Defender o Povo Brasileiro dos Ataques da Reação!

Pelo o Conselho Editorial

Se a gente morrer nessa luta

O sangue será uma semente.

Justiça vamos conquistar!

A história não falha, nós vamos ganhar.

-Do Hino da Liga dos Camponeses Pobres do Brasil

A luta dos camponeses e o movimento revolucionário democrático está no avanço no Brasil contra a Velha Sociedade, levando a classe dominante desesperada ao pânico e preparando planos fúteis para tentar afogar em sangue a resistência do povo - mas os camponeses não têm medo e estão preparados para todos os resultados, sabem o que sacrificaram para conquistar suas terras, e o que será necessário para que esses ganhos sejam permanentes.

O movimento camponês do Brasil, liderado pela Liga dos Camponeses Pobres (LCP) declara a todo o mundo, sob um estado de sítio, diante dos ataques e incursões militares da polícia militar: "As terras de Santa Elina estão encharcadas com o sangue dos camponeses - Não sairemos daqui"!

Revolucionários de todo o mundo devem ouvir claramente e fazer eco a estes pronunciamentos desafiadores! A Tribuna se junta com orgulho ao chamado internacional para defender o movimento camponês e os revolucionários que lutam no Brasil contra uma nova ofensiva da velha sociedade moribunda. Devemos empenhar nossos máximos esforços para evitar outro massacre na Velha Fazenda Santa Elina! Denunciamos o genocida regime militar brasileiro, lacaios do imperialismo do USA, e nos unimos a todos os apelos para exigir o fim imediato dos ataques aos heróicos camponeses do Campo Manoel Ribeiro, parte da antiga Fazenda Santa Elina no estado de Rondônia, na Amazônia Ocidental.

Os camponeses lutaram heroicamente por suas terras durante décadas, na verdade durante séculos, e derramaram seu sangue sem hesitação, sabendo que nada que a classe dominante brasileira possa oferecer satisfará o que eles merecem: tudo! Os camponeses sabem bem o que deram para lutar por esta terra. As terras de Santa Elina foram conquistadas, pedaço por pedaço, desde 1995, quando o regime brasileiro atacou os camponeses no que é amplamente conhecido como o Massacre de Corumbiara, conhecido pelos revolucionários como a Batalha de Santa Elina. Ao realizar seu crime, a reação assassinou onze camponeses, entre eles Vanessa, uma menina de sete anos de idade, cujo nome os camponeses entoam hoje ao se levantarem contra os guardas armados do estado.

No ano passado, no aniversário desta batalha, os camponeses retomaram completamente todas as terras da velha Fazenda Santa Elina, e nomearam suas terras tomadas Campo Manoel Ribeiro. Hoje, quando o velho Estado lança covardes ataques às famílias do Acampamento Manoel Ribeiro, homens, mulheres e crianças enfrentam destemidamente a polícia militar, entoando "Esta terra é nossa!" e desfraldando a bandeira vermelha, a bandeira que simboliza o povo de todo o mundo na marcha rumo à revolução. A luta dos camponeses pela revolução agrária faz parte da Revolução Democrática que deve ser realizada no Brasil, que continua ininterruptamente no Socialismo. Como parte de nosso dever internacionalista, devemos apoiar os movimentos revolucionários do Terceiro Mundo como parte de nosso posto na Revolução Proletária Mundial, e isto significa dar todo o apoio ao Acampamento Manoel Ribeiro e ao movimento revolucionário no Brasil.

Intimidação, cerco, tortura e sítio estão sendo utilizados contra o movimento camponês, preparando-se para maiores ataques. As estradas estão sendo bloqueadas, os serviços de alimentação e saúde estão sendo negados, e os crimes estão sendo todos coordenados pelo governador de Rondônia Marcos Rocha, e seu secretário de segurança José H. Cysneiros Pachá - o "Açougueiro de Santa Elina" - o próprio policial militar que conduziu as operações criminosas contra Santa Elina em 1995.

O Estado brasileiro genocida conduz suas operações atuais no mesmo período em que os democratas revolucionários no Brasil comemoram o Dia dos Heróis do Povo Brasileiro, em 9 de abril. Essa data comemora os combatentes e mártires caídos da revolução no Brasil, e foi escolhido em homenagem ao companheiro Renato Nathan, líder da Liga dos Camponeses Pobres que foi assassinado pelo Estado covarde em 9 de abril de 2012, aos 28 anos de idade. Seu sangue rega a terra no Brasil, e os camponeses defenderão seu sacrifício e todos os outros que deram suas vidas - eles não serão comovidos!

[...]

O Tribune compartilha a solidariedade humilde que nossa organização realizou, assim como as ações de outras organizações revolucionárias no USA e internacionalmente, e continuaremos a documentar a solidariedade contínua de todos os povos revolucionários no USA e além. Como revolucionários dentro da única superpotência hegemônica do mundo e principal inimigo dos povos do mundo, a principal potência imperialista que explora o povo brasileiro, temos o dever de fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para defender os camponeses e o povo do Brasil.

 [...]

Viva a Resistência dos Camponeses do Acampamento Manoel Ribeiro!

Abaixo a Criminalização da Luta pela Terra no Brasil!

Proletários de todos os países, uni-vos!”

Ativistas realizam ações de solidariedade por todo o USA

Na cidade de Oxnard (Califórnia) o Grupo de Estudos Revolucionário de Oxnard e o Comitê de Apoio ao Tribuna do Povo da cidade realizaram um evento no dia 10 de abril, em que expuseram para a comunidade local a preparação do governo brasileiro para reprimir violentamente os camponeses revolucionários no estado de Rondônia.

Foram produzidas faixas com os dizeres: Todo apoio aos camponeses da Área de Manoel Ribeiro!.

No estado do Texas, cidade de Austin, o Comitê de Apoio à Luta Popular no Brasil comemorou o Dia dos Heróis do Povo Brasileiro no dia 9 de abril com uma apresentação que cobriu as contribuições das lideranças revolucionárias Companheira Sandra Lima, e das lideranças camponesas, Companheiro Cleomar Rodrigues e Companheiro Renato Nathan.

Fonte: Tribune of the people

Pichações também foram documentadas por toda a cidade em apoio aos camponeses brasileiros dizendo Viva a resistência dos camponeses do Acampamento Manoel Ribeiro!, Abaixo à criminalização da luta pela terra no Brasil!, Todo apoio aos camponeses de Manoel Ribeiro!, e Viva a Revolução Agrária brasileira! Morte ao latifúndio!.

Membros do Comitê de Apoio à Luta Popular no Brasil também seguraram faixas em solidariedade ao movimento camponês revolucionário em dois locais diferentes.

Fonte: Tribune of the people

Mais tarde no mês de Abril, foi encontrada uma pichação na cidade de Austin que dizia: Viva a Revolução Agrária Brasileira!

Na cidade de Phoenix , apoiadores do Tribuna do Povo realizaram um ato de solidariedade com o movimento camponês revolucionário no Brasil em um parque de um bairro operário com uma faixa que dizia: Viva a Resistência dos Camponeses do Acampamento Manoel Ribeiro!.

 

Fonte: Tribune of the people

Em Los Angeles (Califórnia), militantes do movimento Servir ao Povo dialogaram com comerciantes e transeuntes de um bairro do sul de Los Angeles sobre o estado atual da luta de classes no Brasil e a repressão militar exercida contra o movimento camponês, distribuindo artigos sobre o assunto do jornal Tribuna do Povo. Em outro lugar, foi pendurada uma faixa com os dizeres: Viva a resistência dos camponeses do acampamento Manoel Ribeiro! e Abaixo à criminalização da luta pela terra no Brasil!.

Pichações também foram encontradas em Los Angeles dizendo, Conquistar a Terra no Brasil, Destruir o Latifúndio!

Fonte: Tribune of the people

Em Houston, Texas,  uma declaração em discurso foi feita em solidariedade ao movimento camponês revolucionário, juntamente com faixas com os dizeres: Viva a LCP! Tirem as mãos dos Camponeses Brasileiros!, Viva a resistência dos camponeses do Acampamento Manoel Ribeiro! Abaixo a criminalização da luta pela terra no Brasil!.

O Comitê de Apoio de Charlotte ao Tribuna, no estado da Carolina do Norte, distribuiu artigos sobre a atual repressão do velho Estado ao movimento camponês revolucionário brasileiro e a sua resistência. Um membro fez um discurso denunciando o coronel da Polícia Militar, Marcos Rocha e o secretário de segurança Cysneiros Pachá, "o carniceiro de Santa Elina".

Fonte: Tribune of the people

O Comitê de Apoio do Tribuna do Povo, da cidade de Wheeling (Virgínia Ocidental) mostrou solidariedade ao movimento camponês revolucionário no Brasil com uma faixa: Viva a Resistência do Acampamento Manoel Ribeiro!.

Fonte: Tribune of the people

No estado da Flórida, cidade de Orlando, um ato de solidariedade foi realizado pelo Comitê de Apoio ao Tribuna do Povo com uma faixa: Viva a Resistência dos Camponeses do Acampamento Manoel Ribeiro!. Na região de New England uma faixa foi documentada em Providence, Rhode Island com a mesma frase.

Fonte: Tribune of the people

Fonte: Tribune of the people

Na cidade de Pittsburgh (Pensilvânia), no final do mês de Abril, ativistas penduraram faixas escritas: Viva a resistência dos camponeses do Acampamento Manoel Ribeiro! e Abaixo à criminalização da luta pela terra no Brasil!

Fotos: Tribune of the People

E, na metade desse mesmo mês, o Movimento Unido de Defesa dos Bairros fez uma apresentação sobre a história da resistência contra despejos em Pittsburgh, também a resistência nacional e internacionalmente, de 1920 até o presente. Uma solidariedade em particular foi prestada aos camponeses do Acampamento Manoel Ribeiro durante o evento. 

Fonte: Tribune of the people

Militantes do Servir ao Povo de Pittsburgh realizaram uma ação em solidariedade ao movimento camponês revolucionário no Brasil com cartazes com os dizeres: Viva a Resistência dos Camponeses do Acampamento Manoel Ribeiro!.

Fonte: Tribune of the people

Na cidade do Kansas, Misouri, também ao final do mês de abril, ativistas realizaram um ato e carregaram uma faixa que dizia Abaixo à criminalização da luta pela terra no Brasil!

Foto: Tribune of the People

Dias antes nesse mesmo mês foram documentados pichações solidárias com o movimento revolucionário camponês no Brasil. Os slogans diziam: Viva a Revolução Agrária no Brasil! Morte ao Latifundio! e Abaixo a Criminalização da Luta pela Terra no Brasil!.

Em Tacoma, Washington, ativistas do Comitê de Apoio ao Tribuna do Povo de Tacoma realizaram uma atividade em apoio à LCP.

Foto: Tribune of the People

Em San Fernando Valley (Los Angeles), foram colados cartazes pela cidade em solidariedade ao Acampamento Manoel Ribeiro e a LCP.

Foto: Tribune of the People

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro