RJ: Grávida é baleada e morre durante operação da PM no Lins

Moradores fecham autoestrada após morte de jovem grávida durante ação da PM. Foto: Reprodução

Moradores do Complexo de favelas do Lins, na zona norte do Rio, fecharam os dois sentidos da autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, via que liga a zona norte à zona oeste da cidade. O protesto é contra uma operação da Polícia Militar (PM) que assassinou uma mulher grávida na tarde do dia 8 de junho.

Os moradores pedem justiça para a jovem assassinada e exigem o fim das operações e troca de tiros que acontecem rotineiramente na região.

Kathlen Romeu, de 24 anos, foi baleada na localidade conhecida como Beco 14, na comunidade Vila Cabuçu, no bairro Lins de Vasconcelos, na zona norte do Rio de Janeiro. Kathlen estava grávida de 14 semanas.

Segundo policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Complexo do Lins, a moça foi atingida após estes trocarem tiros na região. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram moradores revoltados com a morte de mais uma trabalhadora em uma favela do Rio de Janeiro. 

Segundo policiais, a mulher chegou a ser socorrida e foi levada para o Hospital Salgado Filho, no bairro do Méier. De acordo com informações da secretaria municipal de Saúde do Rio, a mulher já chegou morta ao hospital.

Kathlen trabalhava como designer de interiores e vendedora de uma loja de roupas. Ela é mais uma jovem preta e moradora de favela que tem sua vida e seus sonhos ceifados antes dos 30 anos de idade por agentes treinados pelo velho Estado para “manter a paz”.

Segundo amigos, Kathlen estava muito feliz com a gravidez. Foto: Reprodução 

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin