PA: Trabalhadores das indústrias urbanas deflagram greve por tempo indeterminado

Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Pará deflagraram uma greve no início do dia 13 de julho. Os trabalhadores reclamam da postura intransigente da diretoria da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), representada pelo seu presidente, José De Angelis.

A empresa manteve a proposta de reajuste zero em salários e ticket-alimentação, exclusão de cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho ACT, além da redução de direitos em várias outras cláusulas.

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Estado do Pará (Stiupa), denuncia que: “Enquanto nega reajuste à categoria, a Cosanpa gasta milhões de reais com empresas terceirizadas para a realização de serviços, alguns desnecessários ou mal feitos, o que demonstra que não falta dinheiro, mas que a melhoria das condições dos trabalhadores e trabalhadoras não é prioridade da gestão”.

Com isso os trabalhadores amanheceram no dia 13/07 de braços cruzados nas unidades da Cosanpa em Belém e no interior do estado em uma greve por tempo indeterminado, até que suas exigências sejam aceitas.

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Estado do Pará (Stiupa), também chamado de Sindicato dos Urbanitários do Pará, representa todos os empregados da Centrais Elétricas do Pará S/A (Celpa), Companhia de Saneamento do Pará S/A (Cosanpa), Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte), Norte Energia S/A (Usina de Belo Monte – Altamira), Águas de São Francisco (Concessionária dos serviços de água e esgoto de Barcarena), entre outras empresas do ramo de energia e saneamento na base territorial do estado do Pará.

Protesto durante greve dos urbanitários em 2020. Foto: Reprodução

AND é divulgado durante assembleia

Na assembleia realizada no mesmo dia 13/07, em frente a Secretaria de Governo do Estado do Pará, o Comitê de Apoio - Belém (PA) realizou uma brigada de vendas do jornal. Foram vendidos sete exemplares da edição 242.

Os brigadistas também conversaram com os trabalhadores em greve e enfatizaram que a luta combativa  contra o governo militar genocida de Bolsonaro/generais é o único caminho que trará vitórias verdadeiras para toda a classe e afirmaram também que o nosso país precisa de uma Revolução Democrática.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin