Poema: "Ligado na Liga", de Girson Sudário

Reproduzimos cordel feito por Girson Sudário, do Acampamento Tiago dos Santos, em União Bandeirante/RO, Brasil. Este cordel foi publicado no site da Resistência Camponesa (https://resistenciacamponesa.com/luta-camponesa/ligado-na-liga/) e nele também é possível ouvir uma gravação.

Vou te fazer três perguntas

Vou ter que pôr todas juntas

Pra facilitar a resposta,

Quero que o moço me diga

Seguindo o tom dessa rima

De cima pra baixo ou debaixo pra cima

O que é que tem na Liga?

Pois é com muito respeito

Que eu respondo ao sujeito

Que quer saber a razão

Que tem essa gente sofrida

Que traz sinais de ferida

Da longa estrada da vida

A grande massa esquecida

Suor e calo nas mãos

Pois é de um canto e de outro

Que vêm esses cabras macho e essas mulheres guerreiras

Que vive igual bananeira

Que até mesmo sendo mãe solteira

Sozinha sustenta o cacho

Tem gente que veio distante

Muito além do horizonte

Não trouxe nenhum apego

Que por ter pouco estudo,

Se esforçava, fazia de tudo

Mas perdeu seu emprego

Tem gente que já foi um sucesso

E com certeza eu confesso, sem nenhum constrangimento

Que já foi até patrão

Foi por causa da inflação

Perdeu tudo que tinha

E não teve condição de quitar o financiamento

Tem gente que já foi meieiro

Arrendatório, empreiteiro, ou pequeno empresário

Tem gari, tem porteiro, ajudante de pedreiro

Que hoje é companheiro contra o latifundiário

E esse povo que move esse País

E não é nada do que diz nos jornais ou na TV

A luta que nós enfrenta

A bandeira que nós com orgulho ostenta

Nas letras que nos representa

Nós somos a LCP

Desde o grande ao pequeno

Do menor até o maior

Tem o sangue vermelho

Do herói companheiro

Que derramado na terra, foge da opressão

Foge do patrão, mas nunca foge da guerra

E faz a Revolução

Tudo que dá liga tem na Liga

Católico, ateu ou crente

Tem gente de toda cor

Tem cor de toda gente

Imigrante, nativo e estrangeiro

Tem gente de perto, gente de longe e até gente de fora

Gente que reza e gente que ora

Tem cristão, tem judeu

Tem até amigo meu que crê em Nossa Senhora

E em cada canto têm um santo

Cada santo tem seu dia

Cada um no seu propósito

Que se apega em quem confia

Defendendo sua fé

Caminhando em harmonia

Quero que o companheiro

Entenda com clareza

Que o que esse povo deseja

É paz, amor, alegria

E que não falte na nossa mesa

Que é a maior riqueza

O pão nosso de cada dia

As Terras de Santa Elina Estão Encharcadas de Sangue Camponês! (2021) pintura de Antônio Kuschnir. Foto: Banco de Dados AND

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin