Frente de latifundiários atacam o portal De olho nos ruralistas

Legenda: Parlamentares acompanhados da Ministra Tereza Cristina, entregam pauta prioritária do setor ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. Foto: Pablo Valadares

No início do mês, o portal de imprensa De olho nos ruralistas denunciou uma campanha de difamação encabeçada pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) contra o periódico. 

A FPA é apontada pelo portal como organização dos representantes de oligarquias latifundiárias locais e do latifúndio de novo tipo conhecido como agronegócio. Este grupo é chamado também de “bancada ruralista”. 

Esta não foi a primeira vez que a organização ou seus representantes diretos difamam o portal. Em 2016, uma equipe foi expulsa da sede da FPA em meio a uma reportagem que resultou no documentário chamado “Sem Clima Uma República Controlada pelo Agronegócio”. Pouco tempo depois foram novamente expulsos de um evento público do Instituto Pensar Agro (IPA), apontado como setor de organização logística da Frente. 

Em 2020, a FPA já havia acusado o portal de fake news também através de suas redes sociais. O fato ocorreu após vir à tona a denúncia do financiamento de grandes latifundiários como a Bayer, Basf, BRF, JBS, Bunge, Syngenta e Cargill aos seus representantes alocados no parlamento do velho Estado, através do IPA. 

O presidente da FPA, Sérgio Souza, deputado federal pelo MDB-PR, teve sua campanha financiada com um montante de R$ 2,2 milhões no qual mais de R$ 400 mil vieram do latifúndio. 

De olho nos ruralistas, se define como um observatório jornalístico sobre o agronegócio: seu poder político e econômico, seus impactos sociais e ambientais.

Infográfico denuncia as relações financeiras do latifúndio com os parlamentares e o IPA. Foto: De olho nos ruralistas

Outras campanhas contra imprensa democrática

Estas campanhas denunciadas pelo portal De olho nos ruralistas, não são os únicos ataques que vem sendo orquestrado contra a imprensa democrática no país.

Recentemente o Jornal A Nova Democracia denunciou ser alvo de campanas, seguimentos e intimidação. Na ocasião, o AND afirmou: “Tais atividades se dão em meio ao agravamento ímpar da destruição das liberdades democráticas, em que o governo militar genocida, de Jair Bolsonaro e do Alto Comando das Forças Armadas (ACFA), usa e abusa da Lei de Segurança Nacional para calar toda e qualquer oposição”.

Leia também: AND é alvo de campanas, seguimentos e intimidação

De acordo com a ONG Repórteres Sem Fronteiras, junto aos seus filhos, o fascista Bolsonaro promoveu cerca de 331 ataques à imprensa apenas no primeiro semestre deste ano.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin