Mais ações internacionais são realizadas em apoio à LCP!

Novas ações de internacionalismo em apoio à Liga dos Camponeses Pobres foram realizadas entre o final de julho e a segunda semana de agosto na Colômbia, Finlândia e Estados Unidos (USA).

Finlândia: Ativistas realizam manifestação em solidariedade à LCP

Ativistas revolucionários realizaram mais uma vez em Tampere, a segunda maior cidade da Finlândia, no dia 31 de julho, uma manifestação em solidariedade internacional com o movimento camponês revolucionário brasileiro, representado pela Liga dos Camponeses Pobres (LCP).

Em frente à prefeitura da cidade foi feita uma agitação e montada uma mesa informativa com fotos da história e atualidade do movimento camponês revolucionário brasileiro, além da crescente campanha de solidariedade internacional.

A agitação também denunciou contundentemente a prisão dos quatro camponeses presos de Rondônia num processo farsante (Ezequiel, Luis Carlos, Estefane e Ricardo), e exigiu sua libertação imediata. As falas também falaram sobre a situação dos camponeses pobres no Brasil e mostrou que apoiar a luta dos camponeses pobres é crucial para transformar a ordem vigente, pois “todo o atual sistema imperialista mundial é construído sobre a exploração e opressão do terceiro mundo…”.

A mesa e a agitação chamaram a atenção e vários transeuntes pegaram os panfletos e ficaram para conversar com os ativistas. Muitos expressaram diretamente seu apoio ao movimento revolucionário brasileiro e à campanha de solidariedade.

O evento também atraiu a atenção de uma patrulha policial que acabara de aparecer durante a fala e pegou um panfleto, além de fazer perguntas aos ativistas.

Após cerca de 40 minutos, o evento terminou com a palavra de ordem: Viva a LCP!.

Ativistas finlandeses realizam manifestação em solidariedade à LCP em frente à prefeitura de Tampere. Foto:  https://uusibrasilia.wordpress.com/

Ativistas colombianos demonstram solidariedade à LCP em meio aos protestos populares

Jovens e organizações democráticas e populares na localidade de Ponto de Renascimento, próximo ao Portal da Resistência, local onde se realizam as manifestações ao sul de Bogotá, realizaram um vídeo de saudação à LCP, divulgado no dia 28/07, junto da seguinte Nota:

Enviamos uma saudação calorosa e combativa aos companheiros camponeses e da Liga dos Camponeses Pobres (LCP) que resistem no Brasil, sabemos que a luta pela terra é fundamental na Colômbia e no Brasil, assim como nos países oprimidos pelo imperialismo, pois para conquistar nossos direitos e nossa liberdade é necessário pôr um fim ao latifúndio, sabemos também que a tomada de terras na fazenda Santa Elina tem sido exemplar, onde resistiram ao banho de sangue e à repressão exercida pelos reacionários e assassinos do povo Bolsonaro, Marcos Rocha e Cisneros Pacha, que merecem todo nosso ódio, assim como os assassinos do povo aqui na Colômbia que tentaram afogar em sangue a Grande Greve Nacional, mas antes destas ações criminosas, nós, o Povo, dizemos que não vamos parar de lutar nem aqui nem em qualquer outro lugar do mundo pela terra e por nossos direitos.

Também queremos enfatizar a importância e a necessidade da revolução agrária nos países oprimidos, que os camponeses pobres tomem a terra dos latifundiários que causam sua miséria e desgraça e o atraso da nação, que destruam o latifúndio, que distribuam a terra e que continuem a se organizar para expulsar o imperialismo e para construir uma nova sociedade.

TERRA PARA QUEM A TRABALHA, LUTEMOS PARA RECUPERÁ-LA E FAÇAMOS UMA REVOLUÇÃO AGRÁRIA NO MUNDO!

VIVA A LIGA DOS CAMPONESES POBRES DO BRASIL E SUA LUTA PELA TERRA!

Estadunidenses seguem com intensa propaganda em defesa da LCP

No USA, pichações em apoio à LCP como Viva LCP! foram realizadas nas cidades de Pittsburgh (Pensilvânia), Kansas City (Missouri) e Austin (Texas).

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin