CE: Guarda Municipal ataca ambulantes com bombas e balas de borracha no centro de Fortaleza

Ambulantes enfrentam ataque covarde da Guarda Municipal em Fortaleza, no Ceará. Foto: Banco de Dados AND

Ambulantes resistiram a um ataque covarde perpetrado pela Guarda Municipal de Fortaleza, capital do estado do Ceará. Os trabalhadores atiraram pedras e montaram barricadas para repelir o ataque dos agentes. Tal episódio aconteceu no dia 14 de agosto, por volta de 2h da manhã, na região central da cidade.

Os agentes atacaram os ambulantes quando estes se preparavam para montar as suas barracas, no objetivo de venderem seus produtos na feira da rua José de Avelino, que acontece nas quartas-feiras e sábados.

A operação foi montada pelo Grupo Operações Especiais (GOE), da GM. Os agentes chegaram e tentaram impedir que os ambulantes montassem suas barracas.

Os trabalhadores se revoltaram contra tal atitude truculenta dos guardas e em respostas montaram barricadas e atearam fogo em materiais de construção das obras do metrô.

Os guardas então atacaram os feirantes com bombas de gás lacrimogêneo e tiros de balas de borracha, agressão esta que foi respondida pelos trabalhadores, que atiraram pedras em direção aos guardas. O conflito se estendeu pela rua Sobral e pelo Paço Municipal, sede da prefeitura.

Um ambulante que estava no local e não quis se identificar por medo de represália relatou, em entrevista ao jornal Diário do Nordeste, como foi a chegada dos guardas: “Eles chegaram já atirando. Não houve diálogo. Era tanto gás espalhado que eu não conseguia chegar no carro para ir embora", relatou o homem. Também segundo, ele vários feirantes ficaram com hematomas e machucados após o ataque covarde da GM.

Sarto Nogueira (PDT) impõe fome ao povo

A operação aconteceu sob ordens do prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT). Segundo a prefeitura, tal ação tem o objetivo de fiscalizar o comércio irregular e impedir aglomerações.

A resistência foi a saída encontrada pelos trabalhadores para responder a esta situação vexatória. Os ambulantes mesmo em meio à pandemia do coronavírus são obrigados a trabalhar como único meio de conseguir o seu sustento, uma vez que não há auxílio algum por parte do velho Estado, seja a nível federal, estadual ou municipal. E diante dessa situação humilhante ainda são atacadas pelas forças repressivas. 

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin