PA: Camponeses bloqueiam BR-230 exigindo criação de assentamento e infraestrutura para região

Camponeses bloqueiam BR-230 exigindo criação de assentamento que está pendente há mais de 15 anos. Foto: Reprodução

No dia 16 de agosto, cerca de 130 camponeses, entre mulheres e crianças, bloquearam a rodovia BR-230 no quilômetro (km) 160, exigindo criação do Assentamento Terra Nova e realização das obras de infraestrutura necessárias para população da região como eletricidade, asfaltamento e pontes, em Uruará, sudeste do Pará.

Os camponeses reivindicavam a publicação da portaria de criação do Assentamento Terra Nova, área que deveria ser destinada à "Reforma Agrária".

Exigiam também infraestrutura para os moradores da região como construção rede elétrica rural no ramal dos dois e meio, ampliação no km 140 norte,  construção de ponte sobre o rio Uruará - que atravessa a rodovia no km 160 - e também o asfaltamento no trecho entre os municípios de Medicilândia e Rurópolis.

Os manifestantes colocaram um carro atravessado na pista para realizar o bloqueio. Formou-se um grande congestionamento, ainda assim os manifestantes permitiram a circulação de veículos entre os horários das 12h a 15h e de 22h a 6h. Diante da mobilização dos trabalhadores, o órgão se viu obrigado a atender as reivindicações e se reunir com os camponeses.

O assentamento ainda mantém o status de Projeto de Desenvolvimento Sustentável (PDS). Ele foi criado em 2006 pelo Incra e contava com cerca de 150 mil hectares. As famílias ali instaladas ocupavam desde 2005 o Vale do Jamanxim. Segundo o próprio Incra, muitas famílias abandonaram o novo local por dificuldades relativas à infraestrutura, as mesmas pautas que 15 anos depois seguem exigindo.

Fonte: Incra

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin