DF: Indígenas enfrentam PM enquanto STF julga “Marco Temporal”

No dia 1º de setembro, enquanto ocorria o julgamento da PL 490/2007, conhecida como “Marco temporal” indígenas rechaçaram com pedras e chutes o ataque da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e de reacionários. A PL busca estabelecer que a demarcação de territórios indígenas seja feita apenas em ocasiões que seja comprovada a ocupação dos povos originários nesses terrenos em 5 de outubro de 1988. A manifestação ocorreu próximo à Praça dos Três Poderes.

Povos Guarani declaram: "Nossa história não começa em 1988! Nosso direito é originário!". Foto: Banco de Dados AND

Milhares de indígenas rechaçam o "Marco temporal" e exigem direitos sobre seus territórios. Foto: Banco de Dados AND

De acordo com relatos e imagens enviados pelo Comitê de apoio ao AND do Distrito Federal (DF), durante o ato, um grupelho de extrema-direita (de menos de 5 pessoas), fez provocações aos indígenas, que responderam com a devida combatividade.

Uma delas ocorreu por volta das 15h quando os indígenas acompanhavam o julgamento em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo a denúncia, um grupo de extrema-direita se dirigiu para a frente do Palácio do Planalto localizado do outro lado da Praça dos Três Poderes, e abriu uma faixa com frases exigindo que as Forças Armadas reacionárias interviessem “constitucionalmente" com Bolsonaro à frente, além de proferir ofensas de cunho racista contra os indígenas que se manifestavam em defesa de seus territórios.

Diversos indígenas presentes do ato se dirigiram rumo ao grupelho visando expulsá-los do local; nesse momento, para fazer a defesa do bando, a PMDF interveio contra os indígenas utilizando spray de pimenta e agressões. Os indígenas responderam aos ataques com pedras, chutes e palavras de ordem. 

Tropas militares escoltaram e defenderam grupos de extrema-direita que provocaram indígenas. Foto: Banco de Dados AND

Tropas militares escoltaram e defenderam grupos de extrema-direita que provocaram indígenas. Foto: Banco de Dados AND

O enfrentamento ocorreu em meio uma jornada de lutas que abrangem fechamento de rodovias e um acampamento iniciado dia 22/08, que conta com mais de 6 mil indígenas de aproximadamente 170 etnias, de todas as regiões do Brasil que ocupam as ruas do Distrito Federal (DF) em Brasília.

Leia também: Mais de 6 mil indígenas protestam contra o Marco Temporal

Milhares de indígenas rechaçam o "Marco temporal" e exigem direitos sobre seus territórios. Foto: Banco de Dados AND

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin