BA: Indígenas fecham BR-367 em protesto contra a demolição de suas casas

Barricada com fogo é levantada em meio a protesto contra despejo de indígenas no sul da Bahia. Foto: Aldeia Novos Guerreiros

No dia 31 de agosto, cerca de 250 indígenas realizaram um protesto que interditou parte da BR-367 em Porto Seguro, sul da Bahia. O ato ocorreu em resposta à derrubada de casas e cabanas pertencentes às comunidades da Terra Indígena (TI) Ponta Grande. A derrubada, orquestrada pela Prefeitura Municipal de Porto Seguro, contou com o apoio de agentes da Polícia Federal, Polícia Militar e Guarda Municipal.

Ao todo, oito cabanas de praia e outros estabelecimentos comerciais foram demolidos por tratores. Segundo a representante dos comerciantes locais, Thyara Pataxó, os indígenas sequer foram notificados formalmente: “Começaram derrubando de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália. Uma ação deliberada pelo prefeito Jânio Natal [PODE], que notificou pelas redes sociais que iria fazer essa ação, mas não notificou nossos caciques e lideranças. Hoje [31/08] cumpriram o que disseram, que iriam tirar os indígenas da beira da pista”, declarou em entrevista ao monopólio de imprensa G1.

Policiais rodam as casas antes da destruição ordenada pela prefeitura. Foto: Aldeia Novos Guerreiros

Diante tamanha injustiça, os indígenas bloquearam a rodovia com madeiras, pedras e outros objetos e mesmo sofrendo ameaças dos policiais, recusaram-se a deixar o local. Ainda de acordo com Thyara, entre as 250 pessoas que participaram do ato, um cacique e uma jovem da comunidade foram agredidos e três indígenas foram detidos pela Polícia.

Ritos culturais são realizados durante fechamento da BR-367. Foto: Aldeia Novos Guerreiros

Guerreiro segura arco e flecha durante manifestação. Foto: Aldeia Novos Guerreiros

Em um vídeo que circula na internet, o presidente do Conselho de Caciques Pataxó, Cacique Shyrathan, demarca o posicionamento de firmeza dos povos indígenas: “não queremos ser mais desrespeitados! Estamos aqui com vários caciques e ficaremos até conseguir a demarcação de nosso território!”.

No dia seguinte um novo protesto ocorreu também na BR-367, na altura do quilômetro (km) e contou desta vez com cerca de 300 indígenas. “O cenário que estamos vivendo aqui é de guerra”, declarou o cacique Shyrathan.

Outro protesto ocorreu também no dia 01/09 no mesmo local. Foto: João Payayá

A revelia das próprias regras, velho estado segue atacando povos originários

A ação da Prefeitura, além de ir contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que suspendeu “reintegrações de posse” durante a pandemia, excedeu a ordem emitida pelo Ministério Público Federal (MPF) que consistia tão somente na apuração de “infrações decorrentes do avanço de construções irregulares em áreas tombadas da União, na Praia do Mutá”.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin