Pichações e ataques contra publicidades bolsonaristas são registrados (Atualizado 18/09)

No feriado do dia 7 de setembro, uma série de pichações foram avistadas denunciando o governo militar e genocida de Bolsonaro. As imagens foram enviadas por um apoiador de AND que as avistou pela região metropolitana de Goiânia e de Aparecida de Goiânia (GO). Também foram recebidas imagens de São Luís (MA), do Rio de Janeiro (RJ) e de Guarulhos (SP) de ações semelhantes. 

Os manifestantes contra o governo militar genocida também atingiram com tintas e realizaram inscrições políticas em painéis publicitários que propagandeavam a manifestação da extrema-direita do dia 07/09. Esses painéis traziam a imagem do presidente fascista Jair Bolsonaro junto à convocação para o ato da extrema-direita.

Em dois destes painéis, a tinta vermelha atingiu a imagem do presidente fascista Bolsonaro. Em outro painel, aparece a inscrição "bandido" em cor azul.

Confira as imagens:

Registro de pichação encontrada na Av. Ipiranga, cidade de Porto Alegre/RS. Foto: Banco de dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Montes Claros, Norte de Minas Gerais, próximo ao centro de abastecimento. Foto: Banco de Dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Montes Claros, Norte de Minas Gerais. Foto: Banco de Dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Montes Claros, Norte de Minas Gerais. Foto: Banco de Dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Montes Claros, Norte de Minas Gerais, no Instituto Federal do Norte de Minas (IFNM). Foto: Banco de Dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Montes Claros, Norte de Minas Gerais, na estrada que vai em direção à Januária (MG). Foto: Banco de Dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Campo Grande (MS). Foto: Banco de Dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Campo Grande (MS). Foto: Banco de Dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Campo Grande (MS). Foto: Banco de Dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Campo Grande (MS). Foto: Banco de Dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Recife (PE). Foto: Banco de Dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Recife (PE). Foto: Banco de Dados AND

Pichação fotografada por apoiadores em Recife (PE). Foto: Banco de Dados AND

Pichação denunciando o governo militar genocida de Bolsonaro fotografada por apoiadores na estação de trem de Ramos, zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Pichação denunciando o governo militar genocida de Bolsonaro fotografada por apoiadores em Curitiba (PR). Foto: Banco de Dados AND

Pichação denunciando o governo militar genocida de Bolsonaro fotografada por apoiadores em Guarulhos (SP). Foto: Banco de Dados AND

Pichação denunciando o governo militar genocida de Bolsonaro fotografada por apoiadores em Guarulhos (SP). Foto: Banco de Dados AND

Pichação denunciando o governo militar genocida de Bolsonaro fotografada por apoiadores em Guarulhos (SP). Foto: Banco de Dados AND

Pichação denunciando o governo militar genocida de Bolsonaro fotografada por apoiadores na cidade de Pinhais (PR). Foto: Banco de Dados AND

Pichação denunciando o governo militar genocida de Bolsonaro fotografada por apoiadores na cidade de Pinhais (PR). Foto: Banco de Dados AND

Pichação denunciando o governo militar genocida de Bolsonaro é avistada na fábrica da Plus Vita, no bairro de Inhaúma, Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Pichação denunciando o governo militar genocida de Bolsonaro em apoio à LCP é avistada próximo ao Nova América, bairro de Del Castilho, Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Pichação em apoio à LCP é avistada no bairro de Inhaúma, zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Pichação em apoio à LCP é avistada no bairro de Del Castilho, zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Pichação em apoio à LCP é avistado na rua Hermengarda, no bairro do Méier, Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Pichação em apoio à LCP é avistado no viaduto do Maracanã, Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Publicidade bolsonarista colocada no Clube dos Sargentos é alvo de ataques próximo à Avenida Marechal Rondon, na zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Publicidade bolsonarista no Clube dos Sargentos é alvo de ataques próximo à Avenida Marechal Rondon, na zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Pichação em apoio à LCP é avistado no muro da Previdência Social, no bairro do Maracanã, Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Pichação em apoio à LCP é avistado na Escola Municipal República do Peru, na Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Pichação em apoio à LCP é avistado na Colégio Estadual Central do Brasil, na Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Pichação em apoio à LCP no muro de um prédio dos Correios, no Méier, na Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). Foto: Banco de Dados AND

Pichação contra o governo militar genocida de Bolsonaro é avistada em Goiás. Foto: Banco de Dados AND

Pichação contra o governo militar genocida de Bolsonaro é avistada em Goiás. Foto: Banco de Dados AND

Pichação contra o governo militar genocida de Bolsonaro é avistada em Goiás. Foto: Banco de Dados AND

Pichação contra o governo militar genocida de Bolsonaro é avistada em Goiás. Foto: Banco de Dados AND

Pichação contra o governo militar genocida de Bolsonaro é avistada em Goiás. Foto: Banco de Dados AND

Pichação contra o governo militar genocida de Bolsonaro é avistada em Goiás. Foto: Banco de Dados AND

Ataque contra painel publicitário bolsonarista é avistado em Goiás. Foto: Banco de Dados AND

Ataque contra painel publicitário bolsonarista é avistado em Goiás. Foto: Banco de Dados AND

Ataque contra painel publicitário bolsonarista é avistado em Goiás. Foto: Banco de Dados AND

Pichação contra o governo militar genocida é avistada no Maranhão. Foto: Banco de Dados AND

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin