SP: Entregadores obtém vitória após greve mais longa da categoria na história do país

 

Entregadores de São José dos Campos fazem greve histórica. Foto: Reprodução

Após seis dias de greve, cerca de 3 mil entregadores da cidade de São José dos Campos, no estado de São Paulo, conseguiram que a empresa de entregas iFood recebesse representantes dos trabalhadores para ouvir suas exigências. A greve acabou se tornando a mais longa da história da categoria no país.

Os trabalhadores da cidade aderiram a Greve Nacional Contra o Terrorismo dos Aplicativos, ocorrida no dia 11 de setembro em todo o país. Contudo os entregadores de São José dos Campos decidiram seguir com a greve até que suas exigências fossem atendidas. Com isso, estenderam a paralisação até o dia 16/09, data em que o iFood, empresa que domina o mercado de entregas na cidade, cedeu e teve que aceitar se reunir no dia 28/09 com os entregadores para ouvir as exigências destes, além disso a empresa prometeu manter uma promoção de R$ 3 para os entregadores.

As principais exigências dos entregadores em greve são: que o valor seja pago por quilômetro ou por entrega; que seja decretado o fim dos bloqueios indevidos de trabalhadores no aplicativo; que se exija um código de confirmação nas entregas; e pela melhoria dos pontos de descanso na cidade.

Altemício Nascimento, um dos entregadores que aderiram a greve disse que a luta não acabou: “Não é que acabou a greve. A gente vai dar uma trégua. O iFood mandou uma promoção, e vamos ver no dia 28 se eles concretizam tudo. Se não, os caras vão parar de novo. E vão puxar uma greve nacional.”

Para conseguirem manter a greve, os trabalhadores organizaram uma vaquinha (arrecadação) online e receberam doações para que pudessem continuar com a luta. O movimento ganhou bastante apoio da população e de donos de bares e lanchonetes da cidade, que pressionaram o Ifood para que atendesse as demandas dos trabalhadores.

Novos embates da luta de classes

A organização e luta crescente dos entregadores, acontece num momento de profunda crise econômica e política no país. Ao mesmo tempo que as empresas e o governo aumentam os níveis de exploração, para sustentarem seus lucros, os trabalhadores que estão sendo gravemente afetados pelos altos preços dos alimentos, da energia e dos combustíveis, cada vez mais estão sendo obrigados a irem à luta pela sua própria sobrevivência.

A luta dos entregadores vem sendo divulgada nas páginas do AND há alguns anos. Recentemente, a matéria A exploração brutal sobre os ‘trabalhadores de aplicativos’ da edição 242 apontou que tais lutas “Tratam-se de novos embates da luta de classes. Tal categoria, formada por filhos e netos dos operários fabris lançados ao desemprego e às atividades secundárias pela crescente desindustrialização, pode e deve se apoiar nas melhores tradições do movimento operário.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin