RJ: Servidores municipais e estaduais fazem paralisação e protesto no centro do Rio

Servidores municipais e estaduais protestam em frente a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. Foto: Banco de Dados AND

Cerca de 200 servidores do município e do estado do Rio de Janeiro fazem um protesto, neste dia 5 de outubro, em frente à Câmara Municipal, na praça da Cinelândia, no centro do Rio. A manifestação rechaça as reformas fiscais elaboradas pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD).

Mesmo debaixo de chuva, os trabalhadores se reúnem em frente ao prédio e prometem seguir em vigília até a não aprovação do projeto de lei (PL) 04/2021, ou como os servidores chamam “pacotão de maldades” de Paes. Os trabalhadores do serviço público municipal e estadual também fizeram uma paralisação de 24h para participarem do ato.

O protesto acontece no mesmo dia em que os vereadores votam a PL 04/2021. O projeto visa extinguir direitos dos servidores, como  triênios, progressões por tempo de serviço, além de aumentar o tempo de serviço para aposentadoria de diversos segmentos do funcionalismo, inclusive dos profissionais de educação.

A PL 04/2021 do prefeito reacionário ataca também os salários, licenças, concursos públicos, corta os investimentos públicos e implementa um teto de gastos que inviabiliza o funcionamento de escolas, hospitais e outros serviços essenciais.

Os ataques aos trabalhadores promovidos por Eduardo Paes fazem parte do pacote de cortes exigido pelo governo federal para que os estados e municípios entrem no programa de reforma fiscal da União, que visa ajustar a dívida pública de estados e municípios.

O Sindicato estadual dos profissionais de Educação do Estado do Rio de Janeiro (Sepe), uma das entidades que compõem o ato, disse em nota: “Ao longo dos últimos anos, o servidor público municipal tem pagado com o seu próprio bolso, sob a forma de congelamento dos reajustes salariais ou de aumento da contribuição previdenciária pela incompetência e malversação das finanças por parte de sucessivos governos. Agora, o prefeito Eduardo Paes quer dar um golpe final no funcionalismo, atacando nossos direitos e jogando a conta da crise fiscal municipal novamente nas nossas costas. Não vamos tolerar mais este ataque!”, afirma o sindicato.

Nem a chuva impediu que os trabalhadores protestassem contra o "Pacote de Maldades" de Eduardo Paes. Foto: Banco de Dados AND

Faixa levada contra a PL 04/2021 levada pelos trabalhadores da educação. Foto: Banco de Dados AND

Trabalhadora da Educação levou cartazes expressando seu repúdio ao corte de direitos desejado por Eduardo Paes. Foto: Banco de Dados AND

Trabalhadora da Educação levou cartazes expressando seu repúdio ao corte de direitos desejado por Eduardo Paes. Foto: Banco de Dados AND

 

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin