PR: Ato de repúdio ao assassinato de jovem pela Guarda Municipal é organizado em Curitiba 

Protesto em Curitiba denunciou a atuação genocida da polícia. Foto: Banco de Dados AND

No dia 18 de setembro, dezenas de pessoas se reuniram no centro de Curitiba em um ato de repúdio ao assassinato de Mateus Noga, 22 anos, morto pela Guarda Municipal na semana anterior. O ato foi marcado por intervenções de participantes e organizadores, que denunciaram a violência policial, voltada principalmente contra jovens pretos.

Durante as intervenções, estudantes combativos expressaram sua revolta e chamaram a atenção dos presentes para a natureza classista do problema, entoando palavras de ordem como Estado fascista, polícia genocida! 

Junto à denúncia, manifestantes levantaram cartazes para exigir a divulgação das imagens das câmeras municipais de segurança para apuração do ocorrido e responsabilização dos culpados, bem como a retificação do Boletim de Ocorrência do caso, no qual a Guarda Municipal aponta a vítima como um criminoso. 

Manifestante exige que prefeito da cidade apresente imagens que gravaram a ação policial. Foto: Banco de Dados AND

Segundo relato de familiares e amigos, Mateus era pai de uma criança de 9 meses e trabalhava como chaveiro. Na noite em que foi baleado pelos agentes da Guarda Municipal (11/09), ele comemorava sua habilitação. 

A ampla presença de velas e rosas brancas em sinal de respeito somava-se aos demais elementos na concentração da manifestação e contrastava com o forte policiamento do evento contando com viaturas estacionadas e em ronda nos arredores, havendo mais de 30 efetivos da Polícia Militar e da própria Guarda Municipal.

Este recente episódio faz parte de uma série de ocorrências de abuso e violência policial em Curitiba e região Metropolitana nos últimos anos, como o assassinato de um jovem em 15 de fevereiro e a execução sumária de quatro jovens em 30 de setembro de 2019, assim como o incêndio criminoso praticado contra a ocupação 29 de Março, seguido da execução da testemunha que filmou os autores da violência, em 2018. Todos esses crimes tiveram como autores policiais militares em conluio com guardas municipais. Nos quatro casos os criminosos foram identificados e seguem impunes. Em todos os casos, protestos foram realizados pelo povo para repudiar o extermínio promovido pela polícia.

Leia também: Número de mortos pela polícia em 2020 bateu recorde, revela Anuário do FBSP

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin