SC: Comitê de Apoio realiza exitosa brigada de venda em Florianópolis

Ativistas do Comitê de Apoio - Florianópolis (SC) realizaram uma brigada de vendas da Edição Especial n° 244, no Largo da Alfândega e na entrada do Terminal de Integração do Centro, no dia 23 de outubro. Foto: Banco de Dados AND

No dia 23 de outubro foi realizada uma importante brigada de vendas da Edição Especial número 244 do jornal AND em Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina. A brigada foi organizada pelo Comitê de Apoio - Florianópolis (SC).

A brigada concentrou-se em dois locais: no Largo da Alfândega e na entrada do Terminal de Integração do Centro, ambos na região central da cidade. A agitação começou por volta de 10h, com a leitura e discussão do editorial por parte dos membros do Comitê, e após isso as vendas se iniciaram.

Os companheiros permaneceram em ruas com grande fluxo de pessoas e revezaram-se em discursar para as massas, intervindo sobre o conteúdo do jornal, ao passo que os demais integrantes ofereciam os jornais aos trabalhadores que ali passavam.

Os integrantes do Comitê de Apoio denunciaram o aumento absurdo no preço dos alimentos, do gás e da gasolina, bem como o aumento da desnutrição e da miséria no país, apontando o governo militar genocida de Bolsonaro e generais como o principal responsável pelas mazelas da Nação.

Durante a brigada, os ativistas fizeram exposições acerca do Presidente Gonzalo, grande chefe do Movimento Comunista Internacional, que foi assassinado no dia 11 de setembro pelo velho Estado peruano através da sua Marinha de guerra e o governo do rondeiro Pedro Castillo, a mando da Agência Central de Inteligência ianque (CIA, sigla em inglês).

Além disso, os brigadistas falaram sobre o papel do Presidente Gonzalo como grande dirigente da Revolução Peruana e Mundial, e sobre os 29 anos em que ele esteve preso em uma cela solitária no subsolo da base naval de Callao, no Peru, e que mesmo assim jamais deixou de defender a causa científica do comunismo e a continuação da Guerra Popular até a vitória do povo. Também foram denunciadas às massas todas as mentiras contadas sobre o Presidente Gonzalo pelos bandos revisionistas e pelo velho Estado peruano de grandes burgueses e latifundiários e serviçal do imperialismo, principalmente ianque.

As massas da cidade demonstraram interesse pelo jornal e pelo discurso dos ativistas. Inicialmente com certo receio, as pessoas se sentiam mais à vontade a partir do momento em que a farsa eleitoral era denunciada e a independência organizativa do jornal era mencionada.

Vários trabalhadores ativos e aposentados dedicaram seu tempo para conversar com os presentes, contando sobre suas dificuldades financeiras, reclamando do corte de direitos que está sendo implementado e denunciando os problemas que a cidade passa, como os casos de corrupção na prefeitura de Florianópolis e dentro do governo do estado de Santa Catarina. A visão de que os políticos municipais, estaduais e também nacionais “não prestam” era ponto comum das reclamações dos trabalhadores.

A edição nº 244 - Edição Especial - (Setembro e Outubro de 2021) do jornal A Nova Democracia, que traz como manchete: O torpe assassinato do maior marxista-leninista-maoista da época atual; O Presidente Gonzalo vive em seu todo-poderoso pensamento Gonzalo, pode ser adquirida através da loja virtual do AND.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin