PR: Após ocupação, estudantes afirmam: ‘Voltaremos mais fortes e mais preparados!’

Faixa pendurada por estudantes da UFPR faz referência a luta dos camponeses pobres do Acampamento Manoel Ribeiro. Foto: Reprodução

Os estudantes que ocuparam o Restaurante Universitário da Universidade Federal do Paraná (UFPR) no último sábado, 06 de novembro, decidiram desocupar o prédio. Eles realizaram uma assembleia que deliberou pela retirada de maneira ordenada. Em nota, os estudantes apontam que a decisão foi tomada para elevar a organização. Nela, eles declararam que voltarão “mais fortes e mais preparados!”.

A nota, que foi divulgada na página de uma rede social da Frente Estudantil Contra a EaD, aponta que a luta se tratou de uma greve de ocupação e que foi vitoriosa em toda sua forma de organização.

O saldo político foi extremamente positivo pois, segundo os estudantes, a ocupação conseguiu demonstrar na prática “como é possível tomar em suas mãos os rumos da Universidade”, apontando para a forma concreta de garantir a reabertura do RU: ocupando e produzindo! Os estudantes da UFPR apontam, ainda, que “é completamente possível e justo que seu funcionamento retorne imediatamente!”.

A Frente Estudantil Contra o EaD afirmou ainda que a ocupação foi, toda ela, extremamente organizada. “Assim como as ocupações realizadas durante o Regime Militar”, comparam os estudantes: “rápidas, por conta do alto grau de repressão do Estado, mas assertivas, demonstrando a força da mobilização estudantil” (grifos da Frente).

Se contrapondo à “todo o imobilismo e toda a burocracia universitária”, os estudantes se organizaram, ocuparam e serviram três refeições. Dentro da ocupação, os estudantes também realizaram atividades como oficinas de cartazes e faixas no objetivo de divulgar suas pautas para a população que mora nas proximidades da UFPR.

Na nota divulgada após a desocupação, os estudantes assumem “o compromisso de combater e resistir aos ataques à Universidade Brasileira, barrar a imposição da educação à distância (EaD) e destruir parte por parte o plano de privatização da nossa educação”.

Finalizando a nota, a Frente Estudantil Contra o EaD convoca toda a juventude a ocupar os espaços que lhe são de direito. Afirmam também que “os estudantes podem e vão dar os rumos à suas escolas e universidades, tomando para si o dever de defender nossa educação pública e gratuita”. 

Leia também: PR: Estudantes se mobilizam em ato pela reabertura do RU na UFPR

Confira abaixo as imagens da Ocupação do RU da UFPR:

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin