PR: Comitê Sanitário realiza evento sobre saúde da mulher

Em virtude da celebração do dia 08 de Março, Dia Internacional da Mulher Proletária, as mulheres organizadas pelo Comitê Sanitário de Defesa Popular de Pinhais realizaram seu 1º Encontro Sobre Saúde da Mulher no dia 12 de março, no Paraná.

A atividade, aberta às mulheres da região, abordou os temas mais urgentes no que diz respeito ao acesso à saúde pelas mulheres do povo, especialmente o direito às consultas ginecológicas, exames preventivos anuais, pré natal, métodos contraceptivos que devem ser fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), além de outros temas que estão relacionados e, em especial, a violência doméstica. 

Além das orientações ministradas por uma médica apoiadora e organizada pelo Comitê Sanitário, a atividade teve grande relevância por promover um importante debate entre as moradoras sobre as dificuldades vividas diariamente pelo povo com relação à saúde. Há tempos que marcar uma simples consulta no posto de saúde do bairro é uma missão quase impossível. As moradoras denunciam a demora no atendimento, e mesmo aguardando desde às 5h da manhã na fila, não conseguem agendar as consultas. Quando a necessidade é de atendimento imediato, o negam e não direcionam para outra unidade. 

Comitê Sanitário de Defesa Popular de Pinhais realizam o 1º Encontro Sobre Saúde da Mulher. Foto: Banco de Dados AND

Uma das razões para a terrível piora no atendimento deve-se ao fato de não haver médicos especialistas nos postos, como ginecologistas e pediatras. As antigas Unidades Básicas de Saúde (UBS), que minimamente contavam com esses atendimentos e a realização de exames de média complexidade, vem sendo substituídas pela prefeitura pelas chamadas Unidade de Saúde da Família (USF), que conta unicamente com médicos generalistas e poucos procedimentos são realizados. Esta é apenas mais uma maneira de negar o atendimento de saúde ao povo, que não o encontra em lugar algum na região. 

Segundo as companheiras do Comitê Sanitário, o tema foi escolhido para debate por sua urgência e foi também um dos encaminhamentos da Assembleia Geral de Moradores ocorrida em 04 de dezembro de 2021 dentro de um conjunto de mobilizações pela saúde na região. Pretende-se que este seja apenas o primeiro encontro sob esta temática: “A Saúde da Mulher é um tema muito amplo e que está diretamente relacionado à questão da opressão feminina. As mulheres são as que mais utilizam o sistema de saúde público, afinal são elas que na maioria das vezes cuidam de toda a família. É necessário que as mulheres debatam e se organizem junto aos seus companheiros para lutar por mais esse direito pisoteado e negado pelo velho Estado.”

Para que nenhuma mulher deixasse de participar da atividade por conta do cuidado dos filhos menores, o Comitê Sanitário organizou a Creche Popular para as crianças com atividades lúdicas e brincadeiras durante a tarde. Foto: Banco de Dados AND

Ao final da atividade, as moradoras estenderam uma faixa em frente ao posto de saúde da região com os dizeres: “Mulheres de Pinhais exigem saúde para o povo!” em frente ao posto de saúde da região. Foto: Banco de Dados AND

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin