RJ: Trabalhadores fazem protesto combativo contra falta de transporte

Passageiros tomam pista do BRT em protesto contra falta de transporte e má qualidade do serviço. Foto: Reprodução

No dia 3 de maio, às 19h, um combativo protesto foi realizado por trabalhadores no terminal Alvorada, na zona oeste do Rio de Janeiro. O ato iniciou logo após a empresa que administra o terminal informar o encerramento antes do horário previsto da linha 31 (que liga Vicente de Carvalho à Alvorada) dos veículos chamados BRT (sigla para Bus Rapid Transit, em inglês). O protesto aconteceu no dia 3 de maio, por volta de 19h.

De acordo com relatos de passageiros, ao chegarem no terminal por volta de 17h30, os trabalhadores foram informados que a linha 31 havia sido encerrada antes do previsto. O encerramento antes do horário causou revolta nos mais de 100 trabalhadores, que esperavam para voltar para casa após mais um dia de trabalho. Normalmente o encerramento da linha se dá normalmente por volta das 19h.

Já revoltados com problemas constantes como falta de ônibus, veículos sucateados, sucessivos atrasos e superlotação, os trabalhadores lançaram grades de proteção na pista destinada aos veículos. A manifestação recebeu amplo apoio das massas presentes no local.

A Companhia Municipal de Transportes Coletivos (Mobi-Rio), órgão da prefeitura que opera o sistema do BRT, acionou a Polícia Militar (PM) e a Guarda Municipal para reprimir os trabalhadores. No momento em que as forças de repressão chegaram ao local, o protesto já havia se encerrado.

Nos vídeos gravados e em publicações de internet é possível ver a massa de trabalhadores que utilizam o transporte público no Rio de Janeiro apoiando a ação dos manifestantes, afirmando que esse é o único jeito de chamar a atenção para o problema e de obrigar a prefeitura a tomar alguma providência que promova melhorias. “Maior quebra pau na alvorada! Isso aí meu povo, se não for assim o brasileiro não tem vez e nem voz, BRT é o pior transporte criado no RJ”, publicou uma passageira. Outra escreveu seu relato sobre o transtorno diário enfrentado pelo trabalhador carioca: “É revoltante demais tu sair do trabalho às 17h e chegar em casa às 21h por conta da demora para conseguir pegar BRT. Estou há mais de 1h na estação do Mato Alto esperando o 25 sentido Barra e nada. Isso é uma vergonha. O trabalhador carioca não tem paz", denunciou.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin