México: Desaparecimento do Dr. Ernesto Sernas completa quatro anos; democratas exigem respostas



Reproduzimos denúncia feita por um conjunto de organizações democráticas, dentre elas a organização democrático-revolucionária Corrente do Povo - Sol Vermelho, do México, em virtude do marco de quatro anos do desaparecimento forçado do professor, democrata e advogado do povo Dr. Ernesto Sernas García, em San Agustín de las Juntas, Oaxaca. Compartilhamos a declaração traduzida acompanhada de um vídeo produzido pela organização.

Leia mais: Familiares exigem o reaparecimento do Dr. Sernas, 2018

“Já são quatro anos! Ernesto Sernas Garcia

Este 10 de maio se completam quatro anos do desaparecimento forçado do Doutor Ernesto Sernas Garcia, ocorrido em San Agustín de las Juntas, Oaxaca, no ano de 2018. 

Sernas Garcia trabalhou como professor catedrático e pesquisador da Universidade Autônoma Benito Juárez de Oaxaca, além de ser palestrante em várias universidades do México, da América Latina e do Estado espanhol.

O Doutor Ernesto Sernas trabalhava como Assessor Jurídico da Corrente do Povo - Sol Vermelho para a defesa dos presos políticos e povoados locais em resistência.

Quatro anos após seu desaparecimento forçado, as omissões do Estado mexicano são muito graves, pois não há um plano de busca e nem uma linha sólida de investigação; as autoridades, sem explicação, têm negado a ponderar seu trabalho como defensor dos Direitos Humanos.

A família e a organização de Sernas García têm sofrido revitimização, assédio, ameaças e perseguições por exigir a verdade e justiça.

Já se passaram quatro anos desde esse crime de lesa humanidade cometido contra um intelectual progressista e defensor dos direitos do povo.

As organizações signatárias exigem que o Estado mexicano garanta sua busca imediata e apresentação com vida.  

Vivo nós o queremos!”

Assista ao vídeo:

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin