Alfredo Del-Penho lança "Samba Só" em Niterói

A- A A+

Quarta-feira, 20/11, às 19h, o ator, cantor, compositor e instrumentista Alfredo Del-Penho, entrevistado na edição 160 do AND, realiza um show de lançamento do seu primeiro disco autoral, Samba Só, no Teatro Municipal de Niterói. "Tenho há algum tempo a vontade de fazer um disco de violão e voz, cru, exposto e direto. Quando as inéditas vão se acumulando, é natural surgir também a ideia de registrar essas músicas em disco. Esse disco é a junção dessas duas ideias. Como eram muitas músicas, fiz uma série de shows em que apresentava 25 sambas inéditos a cada dia e todos da plateia recebiam uma cédula de votação para dizerem as preferidas, as que achavam que deveriam estar no disco e as que não gostavam. O álbum traz parcerias inéditas com Joyce Moreno, Paulo César Pinheiro, Nei Lopes, Délcio Carvalho, Chico César, Zélia Duncan, Pedro Miranda e João Cavalcanti. Esse é o meu primeiro disco solo desde Pra Essa Gente Boa e Samba Sujo, que me rendeu a premiação de melhor cantor de samba de 2016 pelo Prêmio da Música. O show é em Niterói, cidade que amo, onde vivi muito tempo, aprendi e dei meus primeiros passos na música, e no palco do Teatro Municipal, onde assisti shows antológicos. Por isso decidi fazer um show afetivo, com músicas do disco e músicas que falam da minha trajetória e da minha relação com a cidade", conta Alfredo.

O endereço é: rua Quinze de Novembro, 35, Centro, Niterói/RJ. Ingressos: a partir de R$ 20 ( www.ingressorapido.com.br ).

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza