Em honra a grande dirigente revolucionária Sandra Lima

A- A A+

 

 

 

Na noite de 27 de julho, data que marcou um ano do falecimento da grande dirigente revolucionária Sandra Lima, dezenas de ativistas reuniram-se no salão da Escola Popular Orocílio Martins Gonçalves em honra a sua memória.


Estiveram presentes militantes das organizações populares-revolucionárias que contaram com a intensa e decisiva participação Sandra Lima para sua forja e também outras que tiveram nela uma grande colaboradora e incentivadora: Frente Revolucionária de Defesa dos Direitos do Povo, Movimento Feminino Popular, Liga Operária, Liga dos Camponeses Pobres, Movimento Estudantil Popular Revolucionário, Unidade Vermelha, Sindicato dos Trabalhadores da Construção de BH e Região (MARRETA), Movimento Classista dos Trabalhadores em Educação (MOCLATE), Associação Brasileira dos Advogados do Povo (ABRAPO), Socorro Popular.


Na celebração, foi ressaltada a dedicação integral de Sandra Lima durante mais de quatro décadas à dura briga pela Revolução em nosso país e por dar solução ao seu problema principal, que é o de se desenvolver uma direção proletária, capaz de dar consequência as heroicas batalhas de nosso povo, conduzindo-as a destruição da velha ordem e estabelecimento de um novo poder, de um governo dos operários, camponeses e demais classes revolucionárias, rumo ao socialismo, servindo a revolução mundial.


No pronunciamento da Frente Revolucionária de Defesa dos Direitos do Povo foi destacado o papel ideológico de Sandra Lima como militante comunista e feito um chamado a toda a militância para que agarre com vigor e mantenha alta a sua bandeira de combate.


Na última edição do AND publicamos um artigo em honra a memória de Sandra Lima e convidamos todos e todas a lerem!

Companheira Sandra Lima: Presente na Luta!
 

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza