RJ: Prossegue o terrorismo policial no Jacarezinho

A- A A+
Pin It

Foto: Ellan Lustosa / A Nova Democracia

Já dura oito dias o cerco e invasão da polícia na favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio de Janeiro. A reportagem de AND continua acompanhando de perto a situação dos moradores e denunciando a política de extermínio de pobres (que é parte da guerra civil reacionária desencadeada pelas classes dominantes brasileiras), como já havíamos informado na última quarta-feira: RJ: Polícia terrorista invade o Jacarezinho pelo sexto dia consecutivo.

Depois do assassinato do policial civil Bruno Guimarães Buhler em uma operação no Jacarezinho, policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM ocuparam a favela em uma ação criminosa que já completa mais de uma semana. Áudios divulgados na internet momentos após a morte do policial revelaram um plano de vingança de agentes da Core, que, como anunciado nas ameaças, invadiram a favela momentos depois promovendo o caos e derramando o sangue dos moradores.

Até agora, quatro pessoas já foram assassinadas pela polícia: uma criança de 8 anos, o mototaxista André Cardoso, o verdureiro Sebastião Sabino da Silva e um estudante de 16 anos ainda não identificado. Além deles, oito pessoas ficaram feridas durante as ações da polícia. A maioria das vítimas encontra-se nos Hospitais Souza Aguiar e Salgado Filho, porém não correm risco de morrer. Na tarde de ontem, a equipe de reportagem de AND voltou ao Jacarezinho para conversar com moradores e saber como tem sido a rotina sob a mira das armas do Estado nessa, que é uma das maiores favelas da América Latina.

Há ainda informações de que a polícia está ordenando que os comércios fechem as portas e os moradores, com suas rotinas alteradas e com medo de serem as próximas vítimas do terror do aparato policial do velho Estado, estão estocando comidas em suas residências.

Confira os vídeos produzidos pela reportagem de AND:

 

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja