Alemanha incrementa repressão contra manifestações

A- A A+

Com informações de Dem Volke Dienen

O Comando de Operações Especiais (COE, sigla em português) reprimiu um protesto de jovens antifascistas na cidade saxã de Wurzen, no dia 02/09. O COE, que foi constituído excepcionalmente durante a realização do encontro do G-20, está sendo usado de modo regular contra protestos populares.

O site revolucionário alemão Dem Volke Dienen (“Servir ao Povo”, em português) denunciou este fato, qualificando a escalada de repressão como “Estado de exceção permanente”.

“Quando a cúpula do G-20 fechou as portas e uma força policial especial foi implantada contra manifestantes, a cidade estava em cerco militar excepcional. No entanto, parece que o uso de unidades fortemente armadas contra os manifestantes está padronizado, como mostra o exemplo de Wurzen, cidade do distrito de Leipzig na Saxônia”, revelou. 

Os revolucionários alemães explicaram ainda isto não é um fato isolado, mas corresponde ao contexto de reacionarização do Estado imperialista alemão. “Estes eventos são expressão de uma crescente militarização da política interna, que é o resultado do fato de que, em uma situação revolucionária em desenvolvimento desigual, o Estado reacionário não pode mais ser como era no passado. O uso de uma parte de seus melhores combatentes contra uma parte do movimento revolucionário sublinha claramente esse fato”, sentenciou.
 
 
 
 

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira