'A pequena prisão' é lançado em São Paulo

Foto: Bruna Freire


Preso político das manifestações de 2013 e 2014, Igor Mendes lançou nos dias 23 e 24 de setembro, no Sesc Ipiranga, na capital paulista, o livro A pequena prisão (editora n-1), relato biográfico e político do período de quase sete meses em que o ativista popular esteve preso no complexo penitenciário de Bangu, no Rio.

Ao longo do primeiro dia do evento, uma perfomance que contou com dez encadernadores, sob a coordenação de Pablo Peinado e Isabel Teixeira, manufaturou artesanalmente mais de 50 volumes, todos eles assinados por Igor. Os livros, tanto os artesanais quanto os produzidos industrialmente pela editora, foram entregues ao público em “quentinhas” para simular o modo como as refeições são servidas na prisão.

Já no dia seguinte, ocorreu um debate sobre literatura do cárcere e sistema prisional brasileiro, que contou com a participação do autor Igor Mendes, do diretor de redação do site Justificando Brenno Tardeli, do professor da Universidade de São Paulo (USP) Jaime Ginzburg e do jornalista João Wainer.

Em entrevista à reportagem de AND, João Weiner comentou sobre o evento de lançamento:


— O debate foi muito oportuno e pertinente. O livro está lindo, apesar da dureza das palavras e de tudo o que aconteceu lá. Foi um livro, como o próprio Igor fala, feito por presos da grande prisão sobre a pequena prisão. Eu acho que o que o Igor fez foi de uma grande coragem.

E finalizou, ressaltando a relevância do livro para o momento político atual:

— É muito importante que essa história seja espalhada e replicada porque a gente ouve direto que o Brasil é um país em que ninguém é preso por pensar diferente dos outros. A história do Igor é uma prova cabal de que isso é uma mentira. Isso acontece e segue acontecendo, e nós temos que ter consciência disso para lutarmos contra.



Assista ao vídeo de cobertura do evento:

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza