PA: Ameaça de despejo contra Acampamento Jane Júlia em Pau D’Arco

A- A A+
Camponeses organizam Acampamento Jana Júlia após retomada das terras da fazenda Santa Lúcia em Pau D'Arco, 13/06

O Acampamento Jane Júlia está sob ameaça de despejo após a Vara Agrária de Redenção emitir um mandado de reintegração de posse. Os camponeses ocupam parte da fazenda Santa Lúcia em Pau D’Arco desde 13 de junho deste ano.

Camponeses retomam as terras da fazenda Santa Lúcia no dia 13 de junho, semanas após a Chacina de Pau D'Arco

Até o fechamento desta matéria (10/11), os camponeses não haviam sido notificados oficialmente da decisão. Após serem notificados, os camponeses têm 48 horas para sair do local, caso descumpram a ordem judicial pagam uma multa diária de R$ 2 mil.

– O que fica evidente neste caso todo é que a Justiça para atender os interesses do latifúndio é extremamente rápida. Já para os familiares das vítimas, o Estado sequer prestou um apoio jurídico, deixando-os à própria sorte em relação à pensão para as viúvas, filhos e demais dependentes. Tem criança de 5 meses que perdeu o pai, e a mãe não tem emprego. Tem uma senhora que perdeu seus 2 filhos, que agora não tem mais ninguém para lavar suas roupas, levar ao médico, sendo que ela está bem doente. Era totalmente dependente de seus filhos – denuncia um representante da Associação Brasileira dos Advogados do Povo (Abrapo) ao AND.

Segundo o mesmo advogado do povo da Abrapo, ocorreu uma reunião entre representantes do Acampamento Jane Júlia com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Brasília no dia 24 de outubro, onde o Ouvidor Agrário Nacional, Jorge Tadeu Jatobá Correia, comunicou que o processo de obtenção da fazenda Santa Lúcia voltou para Marabá, sem perspectiva de negociação entre o Incra e o pretenso proprietário das terras.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza