Índia: Campanha internacional denuncia nova prisão de Kobad Gandhy

A- A A+

Poucos dias depois de sua libertação da prisão de Visakhapatnam, Kobad Ghandy, dirigente revolucionário e defensor dos direitos do povo, foi novamente preso no sábado, 16/12, desta vez pela polícia de Jharkhand como parte de outro processo de perseguição política movido pelo velho Estado indiano.

Na terça-feira (12), Kobad havia sido liberado sob fiança em cinco processos, sobre os quais havia comparecido perante o Tribunal de Primeira Classe do Magistrate em Achampet (Distrito de Achampet, Telangana) respondendo à absurda acusação de ter tomado parte de um ataque contra uma delegacia de polícia em 2010, sendo que nenhuma prova foi apresentada.

Imediatamente depois de deixar o tribunal, a polícia de Jharkhand o deteve. Ele foi então levado para Hyderabad com uma ordem de transferência para Bokaro, onde  é processado por outros eventos. No total, Kobad responde a oito diferentes processos movidos pelo velho Estado indiano, tendo sido já absolvido em três deles.

Antes de voltar para sua residência em Mumbai, ele ainda estava convocado a comparecer em um tribunal em Bellampalli (Distrito de Mancherial, Telengana) em 20 de dezembro. Essa nova prisão o impedirá de retornar ao seu lar.

O Estado indiano tem o histórico de perseguir democratas e revolucionários que defendem os direitos dos povos advasis e denunciam sua condição de exploração, como é o caso do professor e ativista político GN Saibaba que também vêm sendo alvo de uma odiosa campanha de perseguição política e difamação.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza