PA: Comitê de Apoio ao AND de Belém presta homenagem à Companheira Remís Carla

A- A A+

Reproduzimos a seguir a nota em homenagem prestada pelo Comitê de Apoio ao AND de Belém (PA) à Companheira Remís Carla, ativa apoiadora de AND assassinada em dezembro de 2017.


Comitê de Apoio ao AND de Belém

Lamentamos profundamente o assassinato da companheira Remís Carla, somos solidários a sua família e seus companheiros.

Repudiamos este ato de violência contra a mulher, expressando nosso profundo ódio de classe, e denunciamos as autoridades reacionárias policiais de Recife que utilizaram de ironia e escárnio contra Remís, por ocasião da denúncia de agressão física de seu ex-namorado na delegacia de polícia.

Exigimos severa punição a Paulo César por este hediondo crime. Por ocasião de seu desaparecimento, estas mesmas "autoridades", foram omissas em realizar buscas.

Graças a ação das massas de Nova Morada seu corpo foi encontrado a 10 metros da casa de seu assassino, Paulo César. Estas mesmas massas em protesto obrigaram o juiz a decretar a prisão preventiva de seu assassino.

A companheira Remís Carla foi uma grande divulgadora da Imprensa Popular e Democrática, abriu vários pontos de venda do jornal A Nova Democracia em Recife. Foi também ativa cotista de AND e integrou as fileiras do Movimento Estudantil Popular Revolucionário (MEPR) e do Movimento Feminino Popular (MFP).

Esta valorosa companheira deu sua cota de sangue para que em nosso país avance a luta pela emancipação da mulher, a luta por um ensino de qualidade e a luta pela revolução de Nova Democracia.

Somente alavancando a luta de classes, através da resistência e da luta combativa para que em nossa Pátria seja realizada cabalmente a Revolução Democrática ininterrupta ao Socialismo, teremos um Brasil livre e soberano, onde estes crimes serão extirpados definitivamente.

Companheira Remís Carla! Presente na luta!

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza