Disputa imperialista nos Balcãs

A- A A+

Os imperialistas do USA têm estado cada vez mais ativos nos Balcãs ultimamente. Recentemente houve discussões sobre a implementação da missão da Força do Kosovo como uma ordem permanente para aumentar sua influência militar nos Balcãs.

Nota de AND: A Força do Kosovo, citada pelo autor, é uma coalizão de forças militares, dirigida pela OTAN e pelos ianques para intervir na região. Foi criada em 1999 para intervir na partilha da Iugoslávia, sob pretexto de pacificar a região, à época em profunda crise social e em conflitos étnicos. Hoje, há cerca de 6 mil soldados da OTAN ocupando a região.

Essas conversas mostram que eles não só têm problemas "estabilizando" a região a seu favor, mas também são uma expressão da crescente intensificação das contradições do imperialismo ianque e da “União Europeia” com o concorrente, imperialismo russo.

A pedido do Congresso do USA, o Ministério da Defesa, juntamente com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, realizará uma análise da cooperação no campo da defesa de todos os países dos Balcãs Ocidentais com os Estados Unidos, mas também com a Rússia durante o ano.

Os imperialistas do USA se sentem ameaçados pela aliança militar e temem da influência russa na região. O presidente sérvio Vučić estava em Moscou em meados de dezembro para falar sobre a continuação da cooperação militar com a Rússia. A Sérvia recebeu seis bombardeiros da Rússia no ano passado, 2017.

Nesse contexto, os ianques estão investigando a Bósnia e Herzegovina, Macedônia e Kosovo, mas especialmente a Sérvia, para listar exatamente quais armas russas e equipamentos e tecnologias militares eles obtiveram da Rússia, por doação ou compra, em valor equivalente ou superior a um milhão de dólares, desde 2012.

Parece que a “grande irmã”, a Rússia, está tentando ganhar poder militar sobre os Balcãs e os USA são obrigados a expandir e estabilizar seu domínio na região.

Os povos dos Balcãs são explorados e veem cada vez mais claramente a opressão imperialista que os torna um brinquedo de interesses estrangeiros. Isso é demonstrado pelos grandes protestos contra a grande burguesia burocrática corrupta, que não é senão o braço estendido dos imperialistas nos Balcãs.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja