China: Governo fascista prende jovem maoista

Zhang Yunfan, graduado em filosofia pela Universidade de Pequim, foi preso durante uma reunião de estudo no dia 15 de novembro, de acordo com a imprensa local South China Morning Post. Segundo o governo fascista dos revisionistas chineses, o jovem de 24 anos foi acusado de “organizar multidões para perturbar a ordem pública”.

Ainda segundo os fascistas, ele incitou a subversão da ordem pública quando “expressou sua opinião sobre determinados eventos históricos”, referindo-se às críticas feitas por Zhang sobre as condições de exploração do proletariado chinês e dos imigrantes. O jovem ficará detido por ao menos seis meses, segundo os revisionistas.

Mais de 350 personalidades e intelectuais chineses assinaram uma petição exigindo a libertação do jovem Zhang Yunfan.

Em condição de anonimato, um outro jovem amigo de Zhang afirmou: “Um cidadão com um emprego digno e um diploma da Universidade de Pequim foi preso puramente porque assistiu a uma reunião de estudo em grupo... Isso me entristece”, disse. “Ele considerava que haviam muitos problemas sociais e que os mais pobres são atingidos pelo que há de pior”, conclui, em entrevista à imprensa local citada.

Hoje, na China existem muitos maoistas que desprezam o Partido Comunista da China usurpado pelos revisionistas e suas políticas social-imperialistas, chamando-os de “traidores do pensamento mao tsetung” e reivindicam o retorno às ideias do Presidente Mao.

No seio do proletariado, há também muita indignação com o caminho traçado pelo regime revisionista.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin