RO: Camponeses ocupam a Idaron em Mirante da Serra

A- A A+

As famílias da Área Revolucionária Paulo Bento ocuparam a sede da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), em Mirante da Serra, no dia 26 de fevereiro.

A ocupação realizada pelos camponeses, organizados pela Liga dos Camponeses Pobres (LCP) de Rondônia e Amazônia Ocidental, foi motivada pela recusa do órgão estadual em expedir a Guia de Transporte Animal e a inscrição da ficha preenchida.

A ação organizada das massas camponesas forçou ao presidente da Idaron a se comprometer em expedir a abertura de fichas para as famílias da Área Revolucionária Paulo Bento que criam ou desejam criar gado em seus lotes de terra.

A Idaron é conhecida por dificultar a regularização da produção de gado para os pequenos proprietários de terra. No dia 7 de agosto do ano passado, os camponeses da Área Revolucionária Monte Verde ocuparam a Idaron de Monte Negro.

 

Formação da Área Revolucionária

A Área Revolucionária Paulo Bento, homenageia o camponês Paulo Sérgio Bento Oliveira, assassinado por policiais da polícia militar, especificamente do Grupamento de Operações Especiais (GOE) no dia 16 de maio do ano passado. Dias depois, seus companheiros organizaram a tomada de terras na linha 81. Os camponeses resistiram às intimidações da PM, realizaram o Corte Popular nos meses de julho e agosto e passaram a viver em seus lotes a partir de setembro.

As famílias camponesas da Área Paulo Bento já produzem milho, amendoim, mandioca, feijão, melancia, cana-de-açúcar, abóbora, pepino, quiabo, inhame, hortaliças, ovos, criam galinhas e porcos, e já veem crescer centenas de árvores frutíferas.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza