Foz do Iguaçu: Sem salários, trabalhadores deflagram greve

A- A A+
Pin It

Trabalhadores contratados para construção do alojamento estudantil da Universidade de Integração Latino Americana (Unila) declararam greve no dia 19 de março em Foz do Iguaçu (PR), pois estão há quase 3 meses sem receber seu salários e direitos como o vale refeição e transporte.


Os trabalhadores em sua justa revolta, queimaram objetos e realizaram um protesto por seus salários na porta do canteiro de obras, afirmando que tanto a empresa de engenharia Guava quanto a Reitoria da Universidade, não assumem o compromisso com os trabalhadores e ficam tentando tirar de suas costas a responsabilidade dos pagamentos. Um dos operários afirmou que não possui nem dinheiro para comprar remédios para seus filhos. Tal situação faz parte do ataque direto do velho Estado burocrático latifundiário serviçal do imperialismo contra o povo, que tenta tirar de cada gota do suor, o máximo de lucro para as classes dominantes.

A Universidade em nota declarou que repassou o dinheiro à Guava Engenharia e Serviços empresa de Goiânia responsável pela obra.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja