India: Massiva assembleia camponesa em Malkangiri

A- A A+

Uma grande assembleia de aldeões ("Praja Meli") convocada pelo Partido Comunista da Índia (Maoísta) foi realizada dentro do bosque de Cheruberu no distrito de Malkangiri ao longo da fronteira Odisha-Andhra Pradesh, nesta segunda quinzena de março.

A notícia, veiculada pelos órgãos do monopólio de imprensa da Índia em 19 de março, relatou a participação de mais de 3 mil camponeses, muitos portando armas tradicionais.

Foram discutidas a situação em relação ao acesso à água potável, aos transportes e eletricidade. Os quadros do PCI(Maoista) convocaram os presentes a unirem-se na luta contra a repressão e as operações anti-maoistas promovidas pelo velho Estado.


Informante da polícia aniquilado

Uma outra informação publicada relatou o justiçamento de um delator que estava em colaboração com a polícia. A ação foi levada a cabo pelo Exercito Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL), dirigido pelo PCI(Maoista), na aldeia de Salepali, distrito de Bargarh.
O colaborador da reação foi detido em sua casa e justiçado em um bosque próximo. Junto ao corpo do delator foi encontrado uma carta que denunciava seus atos contrarrevolucionários e sua condição de informante da polícia.   

Conforme noticiamos na presente edição de AND (nº 207), outras ações como esta tem sido empreendidas no combate às vis tentativas das forças de repressão em atacar os revolucionários e massas que lutam pela libertação da Índia do jugo semicolonial e semifeudal do imperialismo, principalmente ianque.
As punições aos informantes e colaboradores da reação são cumpridas após julgamento destes pelos tribunais populares e pela justiça revolucionária nos quais, comprovando-se a atividade contrarrevolucionária daqueles indivíduos, procede-se à aplicação da pena.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza