USA: FBI tenta intimidar maoistas no Texas

A- A A+

O ativista revolucionário "camarada Dallas", do movimento maoista Guardas Vermelhos de Austin (Texas), foi preso no dia 9 de março por agentes do FBI (Gabinete Federal de Investigação, em português). Camarada Dallas foi preso acusado de "porte ilegal de armas" que, segundo o próprio Dallas, são todas legalmente adquiridas.

O camarada Dallas - nome de guerra do ativista, que não teve seu nome legal divulgado - foi preso enquanto se deslocava a um escritório para regularizar sua situação legal, visto que ele tem sido alvo de várias prisões políticas.

Segundo os Guardas Vermelhos de Austin, em nota publicada em seu site, os agentes federais cercaram Dallas e afirmaram que “se você não quer estar em apuros, basta ficar longe dos comunistas”. Eles afirmam que isto comprova o caráter político da prisão e acusam um antigo ativista, de nome “Jesus”, de ter agido como agente inimigo infiltrado. Além do camarada Dallas, sua companheira - também sem nome divulgado - está detida.

O camarada Dallas já havia sofrido com a repressão brutal do Estado ianque. Em 13 de novembro de 2016, ele foi preso sob a falsa acusação de agressão a um policial, e durante o "interrogatório" teve seu pescoço fraturado em dois lugares por um agente federal, que ainda negligenciou atendimento médico.

Os maoistas de Austin analisam que essa repressão ao camarada Dallas tem o objetivo de intimidar e aterrorizar o movimento revolucionário na região, que, afirmam, se destacou no cenário nacional e internacional pela sua combatividade e alto nível de organização comunista.

Maior unificação

Em outras partes do país, coletivos maoistas se mobilizam na campanha pela libertação do camarada Dallas e estreitam sua atuação conjunta. O movimento Coletivo Maoista Queen City aderiu à campanha e passou a denominar-se Guardas Vermelhos de Charlotte. O mesmo se passou com o Coletivo Revolucionário Kansas City, que passou a denominar-se Guardas Vermelhos de Kansas City. Todos ressaltam que passam a trabalhar, agora, no objetivo de construir o Partido Comunista Maoista e que se inspiram na guerra popular do Peru.

No estrangeiro, vários movimentos e organizações revolucionárias fizeram ações ou emitiram pronunciamentos. Entre eles, o Coletivo Vermelho de Hamburgo, Alemanha, fez uma pichação com os dizeres Dallas livre! e Abaixo o imperialismo ianque!,em inglês.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza