SP: Chacina deixa quatro mortos em São Bernardo do Campo

A- A A+

Quatro jovens de idades entre 22 e 26 anos foram assassinados em uma lanchonete de São Bernardo do Campo na noite de 16 de abril. Uma das vítimas, Diego da Silva Macedo, 24, trabalhava no local e estava comemorando o seu aniversário.

O crime ocorreu por volta das 23h na Rua Edson de Queiroz, no limite com a cidade de Santo André. Além de Diego, Cássio de Almeida Santos, de 23 anos, Rafael Borges, de 26 anos, e Edivaldo da Lima Jr, de 23 anos também foram baleados e mortos.

Assim que a lanchonete fechou, dois homens chegaram em motos, discutiram com os jovens, atiraram e fugiram. As investigações indicam que se trata de execução: testemunhas contaram que as vítimas se ajoelharam e foram atingidas de costas.

A cidade de São Paulo e a região metropolitana registram números cada vez maiores de chacinas. Somente no ano passado, dez chacinas foram contabilizadas, com 39 mortos, representando um aumento de 66% em relação à 2016. Uma das causas mais comuns é a ação de grupos de extermínio formados por policiais militares, que despejam sobre o povo todo seu ódio reacionário.

De acordo com a doutora em sociologia e professora da Universidade Federal do ABC, Camila Nunes Dias, em entrevista concedida ao Agência Brasil, existe um padrão claro nas chacinas operadas por grupos de extermínio no estado de São Paulo que as diferem dos demais assassinatos. “A chegada de várias pessoas em uma ou mais motos ou em um ou mais carros, a utilização de capuz ou outras formas de esconder o rosto, a rendição das vítimas em alguns casos, colocando-as de costas para a parede, de joelhos ou atirando na cabeça, simplesmente.”, descreve.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza