PE e RN: Despejo e ameaças de despejo contra camponeses

Acampamento atacado e despejado criminosa e ilegalmente por pistoleiros em Pernambuco. Foto do MST

Cerca de 100 famílias do Acampamento Engenho Planalto foram atacadas e despejadas por um bando composto por mais de 20 pistoleiros, no município de Paudalho, região metropolitana de Recife, Pernambuco, na madrugada de 26 de abril. O latifúndio havia sido ocupado doze dias antes por elas.

De acordo com denúncias dos camponeses, vinculados ao MST, os pistoleiros efetuaram disparos contra o acampamento e destruíram todos os barracos. Ainda segundo eles, o mandante do ataque seria o latifundiário Mário José João, pretenso proprietário da fazenda Engenho Planalto.

Camponeses ocupam prefeitura de Pendências, Rio Grande do Norte. Foto do MST

Ameaças de despejo no Vale do Açu

As famílias de dois acampamentos situados na região do Vale do Açu, no Rio Grande do Norte, estão sendo ameaçadas de despejo pelo velho Estado.

No município de Afonso Bezerra, os camponeses do Acampamento Antônio Batista, com cerca de 100 famílias, estão sendo ameaças por um mandado de reintegração de posse solicitado pelo gerenciamento estadual de Robinson Farias/PSD, pois as terras ocupadas há quase três anos estão sob a responsabilidade do governo estadual.

As famílias lutam pela sua inclusão no Projeto do Distrito de Irrigação do Baixo Açu (DIBA).

Já em Pendências, cerca de 250 famílias da Comuna Urbana Marisa Letícia estão sendo ameaças de despejo pelo gerenciamento municipal de Fernando Antônio Bezerra de Medeiros/PMDB.

No dia 24 de abril, os camponeses dessa comunidade ocuparam a prefeitura de Pendências como forma de exigir a suspensão da reintegração de posse e a distribuição das terras para as famílias acampadas.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin