Bandeiras comunistas hasteadas no Rio de Janeiro em celebração aos 200 anos de Karl Marx

A- A A+


Arcos da Lapa, Centro do Rio

Bandeiras comunistas hasteadas em todo o Rio de Janeiro. Dessa forma os comunistas e revolucionários do Brasil celebraram os 200 anos de Karl Marx, aderindo à celebração internacional convocada por Partidos e Organizações maoistas. Os embandeiramentos foram realizados no dia 5 de maio, dia do nascimento de Marx.

Conforme apurou uma equipe de AND, foram mais de 60 bandeiras hasteadas em toda a cidade. Um vídeo, produzido pelos maoistas, mostra algumas das bandeiras hasteadas.

Duas bandeiras especialmente grandes foram hasteadas no Pão de Açúcar, nos Arcos da Lapa (centro da cidade) e uma enorme faixa com o selo da campanha internacional foi estendida no Corcovado. Nos Arcos da Lapa, a bandeira foi hasteada em seu topo, e sinalizadores anunciavam a ação dos revolucionários.

As ações ocorreram também na zona oeste, vários bairros da zona norte como Tijuca e São Cristóvão, em passarelas e vias expressas como avenida Brasil e outras, no centro da cidade e em pontos turísticos da zona sul. A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) também teve sua fachada tomada por bandeiras comunistas, hasteadas em cada um dos andares, junto a uma faixa com o selo da campanha internacional.

Vídeo: Ações no Rio de Janeiro como parte da Campanha Mundial pelos 200 anos de Karl Marx

Registros fotográficos da Campanha

Corcovado (Zona Sul)

Bandeira hasteada em passarela da Avenida Brasil, principal via expressa da cidade do Rio

Avenida Brasil

Cidade de Deus (Zona Oeste)

Taquara, Estação do BRT (Zona Oeste)

Taquara (Zona Oeste)

Avenida Presidente Vargas (Centro)

Monumento em homenagem a Zumbi dos Palmares (Centro)

Tijuca, Instituto de Educação (Zona Norte)

São Cristóvão, Radial Oeste (Zona Norte)

São Cristóvão, Estação de trem (Zona Norte)

Tijuca, Praça Saens Peña (Zona Norte)

Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), Maracanã (Zona Norte)

Tijuca, Praça Afonso Peña (Zona Norte)

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza