BA e MG: Apoiadores de AND registraram denúncias dos caminhoneiros e a solidariedade à greve

A- A A+

A Greve dos caminhoneiros que agitou o país no final do mês de maio recebeu amplo apoio popular de norte a sul.

Em diversas regiões, Comitês de Apoio ao Jornal A Nova Democracia foram até os pontos de mobilização dos trabalhadores nas rodovias, levando exemplares do jornal, panfletos, discutindo com os grevistas a necessidade de uma Revolução Democrática, e também registrando as denúncias de precarização das condições de trabalho da categoria.

Na Bahia, membros do Comitê de Apoio ao AND foram até o bairro de Parafuso, em Camaçari, onde conversaram com os caminhoneiros e apoiadores da greve. Os trabalhadores expuseram a situação de exploração a que são forçados e declararam toda sua insatisfação contra os achaques promovidos pelos "governos" de turno.

Dentre os manifestantes estavam também familiares dos trabalhadores que prestavam apoio ao movimento e denunciaram a criminosa campanha de contrapropaganda e difamação feita pelo gerenciamento federal com auxílio dos monopólios de imprensa no intuito de criminalizar a justa mobilização, querendo fazer passar o massivo movimento por um "locaute" (greve patronal).

Pichações exaltam greve nacional dos caminhoneiros

Na cidade de Januária, no Norte de Minas Gerais, apoiadores do jornal A Nova Democracia enviaram registro de pichações exaltando a Greve Geral na ponte que atravessa o Rio São Francisco.

Veja também:

Brigadistas de AND unem-se aos caminhoneiros e propagandeiam a Revolução Democrática em Salvador

PR: Apoiadores de AND fazem agitação entre caminhoneiros em Curitiba

Camponeses levam alimentos e politização a caminhoneiros em Alagoas

Vale do São Francisco: Estudantes apoiam greve dos caminhoneiros

Liga Operária: Caminhoneiros mostram que o povo pode parar o país!

Nota da Liga Operária: Viva a justa luta dos caminhoneiros!

MFP: Todo apoio à luta dos caminhoneiros!

LCP: Viva a justa luta dos caminhoneiros!

Nutricionistas do Rio saudaram greve dos caminhoneiros

UV-LJR: Viva a justa e combativa greve dos caminhoneiros!

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira