MG: Professores rechaçam parcelamento de salários

A- A A+

Em revolta contra a política de “parcelamento de parcelas” dos pagamentos e para denunciar o descaso da gerência mineira com os educadores, os professores das escolas estaduais de Minas Gerais tomaram o centro de Belo Horizonte em protesto no dia 19 de junho

Já em greve desde o dia 11 do mesmo mês, o estopim da manifestação foi a decisão de Pimentel/PT em parcelar a primeira parte do salário dos servidores públicos estaduais, que já estava parcelado em três vezes. Os funcionários do estado mineiro vêm enfrentando dificuldades com o recebimento de seus salários desde fevereiro de 2016, quando os vencimentos começaram a ser parcelados. As parcelas começaram a atrasar ao fim de 2017, antes de chegarem ao cúmulo de dividirem a primeira em três.

Entre os mais prejudicados com a medida, os professores decidiram paralisar suas atividades até que o pagamento integral da primeira parcela ocorra. Segundo a Secretaria do Estado de Educação (SEE), na segunda-feira (18), pelo menos 847 instituições aderiram à greve.

No começo do ano, os trabalhadores da educação já haviam realizado uma greve pelo pagamento do Piso Salarial Nacional para a categoria, que durou 43 dias.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira